icons.title signature.placeholder Renato Homem
11/03/2014
16:58

A força do 'bando de loucos' pode ser medida pelo número de adesões contabilizado pela Caixa Econômica Federal desde sexta-feira (7), quando o banco estatal anunciou, juntamente com o departamento de marketing do Corinthians, a criação de uma nova ação de fidelização com o torcedor do Timão. A mais recente ação de fidelização da Caixa, que protrocina um total de 12 times brasileiros, em parceria com o clube do Parque São Jorge rendeu até agora, de acordo com o diretor de cartões da instituição financeira, Mário Neto, 2 mil novos pedidos de novos cartões.

O anúncio da criação dos cartões pré-pago e pós-pago no programa "Fiel Torcedor"  foi feito pelo departamento de marketing do clube em parceria com a Caixa. A ação idealizada pelo clube e pelo banco irá beneficiar diretamente aqueles sócios mais atuantes e que  já têm assento assegurado na Arena Corinthians.

A Caixa Econômica espera contabilizar, até o fim do ano, de 30 a 50 mil novas solicitações de cartões de crédito ou pré-pago entre os torcedores do Timão, segundo afirma o executivo do banco.

- Essa é uma expectativa que temos por conta da capacidade do Corinthians. São duas coisas diferentes: esperamos capturar novos correntistas e ampliar nossa base de usuários de cartão de crédito  - adiantou Mário Neto, lembrando que a ideia de estreitar a relação com o Corinthians surgiu no ano passado, quando o projeto original começou a ser delineado por ambas as partes.

- Essa era uma necessidade mútua entre o banco e o Corinthians. Desenhamos o modelo com eles (diretoria do clube) e estamos abertos a todos os demais clubes a fazer ações semelhantes - afirmou Neto, descartando que o banco esteja negociando com outros clubes a adoção de ações semelhantes à que fora lançada em parceria com o Corinthians.

Ao ser perguntado sobre se esse tipo de ação poderia ser desenvolvida com o Flamengo, clube igualmente de massa e que também estampa a marca do banco em sua camisa, Mário Neto desconversou.

- O Flamengo tem as coisas dele lá. Somente depois que eles resolverem, poderemos conversar - despistou.

O torcedor que já é cadastrado no programa de sócios do Timão participará automaticamente da ação. O clube ressalta que ninguém será obrigado a trocar de cartão magnético para ter acesso aos jogos ou para participar do programa de benefícios previsto pelo "Fiel Torcedor".

Patrocinadora máster do Corinthians, pelo qual faz um aporte anual de R$ 31,5 milhões, a Caixa Econômica oferecerá cartões pré-pago e pós-pago aos participantes do programa. Além da utilização no comércio, os cartões permitirão o acesso do torcedor aos estádios em que o clube for o mandante, às lojas e restaurantes localizadas na Arena Corinthians.

Por intermédio dos cartões, os torcedores acumularão "Coríntios", moeda fictícia criada pelo departamento de marketing do clube, que renderá aos sócios descontos na compra de produtos ou serviço.

Os torcedores poderão trocar os valores acumulados por vantagens exclusivas, como visitas ao CT Joaquim Grava, camisas oficiais autografadas e até a possibilidade de poder assistir aos jogos do Timão ao lado do presidente do clube, Mário Gobbi.

A nova modalidade de plano lançada pelo clube, o "Meu Timão", custará R$ 29,90 por ano, e se constitui numa alternativa para os torcedores corintianos que moram longe, mas que desejam se relacionar com o clube de alguma forma.  Embora tenha direito ao plano de benefícios, a nova modalidade não prevê a aquisição de ingressos.

Para saber como participar e tirar todas as dúvidas sobre as novidades, basta acessar o site: www.republica.corinthians.com.br .