icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes
04/06/2014
10:26

O Cruzeiro recorreu a um parceiro econômico para sacramentar a contratação de Manoel. Para adquirir 40% dos direitos econômicos do zagueiro, o clube desembolsará cerca de 2,6 milhões de euros (R$ 8 milhões). O valor foi pago à vista e financiado por esse investidor. A Raposa, por sua vez, iniciará o pagamento ao parceiro a partir do ano que vem.

Inicialmente, a operação girava em torno de 3,5 milhões de euros (R$ 10,8 milhões). O Atlético-PR aumentou a pedida porque o Cruzeiro propôs parcelar o valor e começaria a quitar o débito somente a partir de 2015, conforme o L!Net mostrou no sábado passado.

No clube mineiro, Manoel receberá um salário de aproximadamente R$ 200 mil. O acordo financeiro só foi acertado na sexta-feira. O agente do jogador, Neco Cirne, fez uma pedida maior, que não foi aceita pelos dirigentes celestes. No Furacão, o zagueiro ganhava R$ 150 mil. Ele já está em Belo Horizonte (MG) para fazer exames.

Alguns detalhes ainda impedem que o contrato de transferência seja assinado, fato que deverá acontecer ao longo desta quarta-feira.

Antes da Copa, sul-americanos movimentam mercado da bola