icons.title signature.placeholder RADAR/POOL - O Liberal (PA)
20/02/2015
19:55

Com o fim da quarta rodada do primeiro turno do Paraense, foi confirmada a festa do interior. Paysandu e Remo estão fora da semifinal e só voltam a campo, na próxima quarta-feira, para cumprir tabela. Ontem, São Francisco e Remo empataram em 1 a 1, em Santarém, resultado que eliminou o Remo da disputa por uma das vagas do Grupo A1. Em pleno Parque do Bacurau, o Cametá foi surpreendido pelo Tapajós, que venceu por 2 a 1, com gol marcado nos minutos finais, e tirou as chances do Paysandu de chegar às semifinais do primeiro turno. Nos outros dois jogos da noite, o Castanhal foi derrotado em casa por 2 a 1 pelo Independente e o Paragominas venceu o Gavião em Marabá, por 3 a 1.

No Grupo A1, Galo Elétrico e Gigante de Aço já estão classificados, faltando apenas definir quem será o líder. O Independente está com a faca e o queijo nas mãos. Com 9 pontos, com 100% de aproveitamento, o time do técnico Lecheva jogará em Tucuruí diante do próprio Parauapebas, que se vencer e descontar o saldo de gols, ainda pode ficar com a primeira colocação. No Mangueirão, o único jogo que não valerá de nada. O Remo vai receber o Castanhal para decidir apenas quem será o lanterna do grupo.

Pelo Grupo A2, três equipes ainda brigam pelas duas vagas: Tapajós, Cametá e Paragominas. O Boto receberá o Gavião em casa e um simples empate garante a ida à semifinal. A vaga do Tapajós é quase certa, mas se for goleado pode ainda ficar de fora. Na Arena do Município Verde, o Paragominas tenta de tudo diante do desclassificado Paysandu. Uma vitória simples dá a vaga ao Jacaré, que fatalmente passaria do Cametá nos critérios de desempate. De folga nessa rodada, o Mapará fica de longe “secando” principalmente o Paragominas, mas também o Tapajós, para tentar ser o líder.

E MAIS:
>Gre-Nal vei aí e Anderson afirma que festajará com sobre o seu ex-clube, o Grêmio
> Tite esconde a escalação do Corinthians

Papão e Leão só não podem dizer que seus jogos não valem de nada porque precisam pontuar para escaparem das últimas posições do Campeonato Paraense. Para o Remo, a situação é mais delicada ainda, pois já sabe que tem a obrigação de vencer o segundo turno para decidir a competição e ver quem fica com a vaga para a Série D do Campeonato Brasileiro.

Apesar da eliminação precoce, o técnico azulino Zé Teodoro afirmou ter gostado da equipe remista na conquista do primeiro ponto em três partidas no Parazão. Para o treinador, o Leão Azul mostrou crescimento em relação aos jogos anteriores, pecando mais uma vez nas finalizações e ao bobear no final, quando para muitos a vitória já estava garantida.

- Faltou um pouco mais de tranquilidade na hora de finalizar. Jogamos para vencer e não fizemos os gols que precisávamos. Infelizmente o resultado, pelo que produzimos, foi uma derrota, mas pelo comportamento e pela postura, não tenho dúvida que estamos no caminho certo. É dessa forma que vamos conseguir os pontos que precisamos no segundo turno, disse Zé Teodoro, ao LIBERAL

O treinador azulino sabe que não há tempo para se lamentar. Ele e a delegação remista voltaram de madrugada já com os pensamentos voltados para o Rio Branco-AC e a disputa pela vaga para a segunda fase da Copa Verde, domingo à tarde, na Arena da Floresta.

- Pagamos caro nesse jogo, mas é levantar a cabeça. Jogamos para vencer e vamos jogar para vencer contra o Rio Branco, pela Copa Verde. Temos que focar nessa competição e não podemos baixar a cabeça. É uma decisão que vai nos dar confiança. O grupo foi muito determinado hoje e audacioso, e perdemos uma batalha, apenas.