icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/03/2014
17:51

O sonho do Olympiacos conquistar o título do Campeonato Grego antecipadamente deu lugar a cenas lamentáveis da torcida alvirrubra no duelo da equipe com o arquirrival Panathinaikos. Irritados com a derrota por 3 a 0 em pleno Estádio Georgios Karaiskái (gols de Danjiel Pranjic, Marcus Berg e Mehdi Abeid), torcedores direcionaram sinalizadores, bombas e objetos aos adversários.

Mesmo fora de casa, o Panathinaikos se impôs aos poucos e, aos 45 minutos, abriram o placar com Pranjic.  Diante de um rival apático, a equipe voltou do intervalo com a mesma pegada e marcou o segundo com Berg, aos 23. A adversidade no placar começou a despertar a ira da torcida do Olympiacos.

Um copo cheio foi direcionado ao técnico do Panathinaikos, Yannis Anastasiou. Mesmo após uma breve interrupção, o árbitro seguiu com a partida.

Aos 35 minutos, o Olympiacos teve a chance de encostar no marcador, em cobrança de pênalti. Mas Dominguez desperdiçou, e aumento a indignação da torcida.  Sinalizadores e bombas foram atirados no goleiro Kapino. A partida teve prosseguimento e, aos 44 minutos, Abeid ampliou para 3 a 0. Com novos protestos vindos da arquibancada, jogadores do banco de reservas do Panathinaikos se encaminharam para os vestiários, onde esperaram o final do jogo.