icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/03/2014
16:46

O Palmeiras se reapresentou com o departamento médico lotado nesta segunda-feira, dia seguinte à derrota por 1 a 0 para o Ituano, pela semifinal do Campeonato Paulista. Oito jogadores, sendo seis titulares na partida do fim de semana, ficaram em tratamento e não têm presença confirmada no jogo de volta contra o Vilhena-RO, pela primeira fase da Copa do Brasil, às 22h de quarta, no Pacaembu - na ida, vitória por 1 a 0, fora de casa.

O lateral-direito Wendel, com uma microlesão na coxa direita, e o volante França, com problema na panturrilha esquerda, já foram desfalques e devem seguir fora - o segundo correu em volta do campo. O também lateral-direito Bruno Oliveira recuperou-se de um desgaste muscular, está em recondicionamento físico e tem poucas chances de ser aproveitado.

O goleiro Fernando Prass e o meia Valdivia chegaram ao duelo contra a equipe de Itu com problemas idênticos: entorse no tornozelo direito. O primeiro foi titular e suportou apenas até o intervalo, dando lugar a Bruno, enquanto o camisa 10 começou no banco e entrou no sacrifício na parte final do segundo tempo. Eles dependem da evolução da dor para serem utilizados.

O lateral-esquerdo Juninho, o meia Bruno César e o atacante Alan Kardec têm lesões em suas coxas esquerdas. Todos passaram por exames de imagem e estão em tratamento. Quem tem mais chances de atuar é o atacante, que levou uma pancada no primeiro tempo e não conseguiu seguir no jogo. Os outros dois sentiram durante a etapa final, quando não era mais possível fazer substituições. Já o volante Wesley sofreu uma pancada na bacia, também é dúvida e deixou a Academia de Futebol antes do fim do treino para fazer exames.

Se nenhum deles jogar, o Palmeiras entrará em campo desfigurado contra a equipe de Rondônia. O provável time seria: Bruno; Tiago Alves, Lúcio, Wellington e William Matheus; Marcelo Oliveira, Eguren e Mendieta; Vinicius, Patrick Vieira e Leandro.

* Atualizada às 17h13