icons.title signature.placeholder Caio Carrieri
03/04/2014
16:53

Depois de fazer ao menos duas propostas de novo salário que desagradaram Alan Kardec, o Palmeiras subiu os valores nos últimos dias e se aproximou de um acerto para manter o atacante por mais cinco anos no Palestra Itália.

Pessoas envolvidas na negociação dizem que "faltam apenas pequenos detalhes salariais" para que o Verdão feche com o artilheiro do elenco no ano, com nove gols marcados. A expectativa é que esses pormenores sejam resolvidos o mais breve possível.

Após selar os novos números com o centroavante, o próximo passo da diretoria será efetuar o pagamento de 4 milhões de euros (cerca de R$ 12,5 milhões) ao Benfica (POR), detentor dos direitos econômicos do jogador. O prazo é até o último dia de maio, embora o contrato se encerre no mês seguinte. A forma de pagamento está encaminhada.

A boa relação de Paulo Nobre com Luis Filipe Vieira, mandatário dos Encarnados, ajuda o Verdão nas tratativas. Tanto é que o valor fixado é um acordo verbal entre os dois dirigentes.

Um dos principais nomes do elenco desde que desembarcou na Academia de Futebol, no ano passado, Alan Kardec ainda carece de um reserva para a sua posição.

Miguel, único centroavante além do camisa 14 no grupo, não agrada a comissão técnica. Na quarta-feira, na vitória por 2 a 0 sobre o Vilhena-RO, no Pacaembu, o atleta revelado na base alviverde mais uma vez não foi bem ao ter oportunidade - Kardec está com lesão na coxa esquerda.

Douglas Tanque, que se destacou pelo Penapolense no Campeonato Paulista, é um dos nomes observados pelo Verdão.

Veja os gols do artilheiro Alan Kardec no Paulistão