icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/11/2013
20:33

Oito vitórias e três empates. Esse é o desempenho do Palmeiras no Pacaembu em jogos da Série B. Se continuar sem perder no jogo contra o Boa, neste sábado, às 16h20, a equipe vai assegurar o título da Segundona. Em caso de derrota, basta que a vice-líder Chapecoense não supere o Bragantino, em Chapecó, no mesmo horário.

Será o último jogo do Verdão no estádio em 2013, já que a diretoria vendeu o mando da partida contra o Ceará, transferida para Campo Grande. Nada melhor do que deixar uma boa impressão, com vitória e comemoração. Para isso, Gilson Kleina escalou o atacante Serginho na vaga do zagueiro Henrique, suspenso. Ele formará um trio ofensivo com Leandro, que volta de suspensão na vaga de Ananias, e Alan Kardec. Na zaga, ficam André Luiz e o improvisado Marcelo Oliveira.

Foi o que o técnico conseguiu fazer diante de inúmeros desfalques. Além de Henrique, o meia Valdivia também está fora, já que viajou com a seleção chilena, e a lista de desfalques é grande: Vilson, Mendieta, Wesley, Vinicius, Léo Gago e Caio.

Enquanto isso, o Boa segue sonhando com o acesso. Além de vencer o seus três últimos compromissos pela Segundona, o time de Varginha terá de torcer contra sete dos oito outros times que ainda lutam pelo acesso. Em 11º na tabela, com 50 pontos, o Boa vê, por exemplo, Sport e Icasa, ambos com 56 pontos, fechando o grupo dos times que avançam para a Primeira Divisão e o Ceará, também com 56, em quinto.

E, para superar o Palmeiras, o time do técnico Nedo Xavier deverá ter duas novidades. O zagueiro Thiago Carvalho e o atacante Petros cumpriram suspensão automática na vitória diante do São Caetano e, com isso, voltam a ter condições de jogo. O primeiro, como capitão do time, tem retorno praticamente garantido.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X BOA

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/Horário: 16/11/2013, às 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Assistentes: Edina Alves Batista (PR) e Luiz Santos Renesto (PR)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Wendel, André Luiz, Marcelo Oliveira e Juninho; Eguren, Márcio Araújo e Felipe Menezes; Serginho, Leandro e Alan Kardec. Técnico: Gilson Kleina.

BOA: Douglas; Rafinha, Ciro Sena, Thiago Carvalho e Crystian; Rodrigo Souza, Betinho, Vinícius Hess e Marcelinho Paraíba; Petros (Kaká) e Fernando Karanga. Técnico: Nedo Xavier