icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena
28/04/2014
07:11

Alan Kardec ainda não assinou a rescisão contratual com o Palmeiras, mas encerrou sua passagem pelo clube quando abandonou o treino de quinta-feira alegando gastrite e não faz mais parte do elenco - será anunciado pelo São Paulo nos próximos dias. Agora a diretoria começa a pensar em como viver sem ele, e o técnico Gilson Kleina já avisou que precisa de um bom substituto.

Walter, do Fluminense, é elogiado pela comissão técnica. Ele tem contrato com o Porto (POR) até julho de 2016 e está emprestado à equipe carioca até dezembro de 2015. Não é um jogador barato, sobretudo para a política conservadora do Verdão, mas uma possível negociação pode ser facilitada porque ele está insatisfeito no Rio.

Tem espaço para ele! Walter vai continuar no Fluminense

Reserva desde a chegada de Cristovão Borges, Walter deixou o Pacaembu se dizendo "muito p..." por não ter entrado no jogo de sábado, contra o próprio Palmeiras, e avisou que vai pedir para sair caso a situação não mude. A diretoria carioca contemporiza e se diz tranquila.

O ataque voltou a ser uma posição carente no Palmeiras justamente quando o clube atendeu a um pedido antigo do treinador: Henrique, ex-Portuguesa, chegou para ser o reserva de Alan Kardec junto com o garoto Miguel, cria da base alviverde.

Embora aprove o nome de Walter, Kleina ainda não o indicou à diretoria. Na última reunião com seus superiores, sexta passada, ele deixou claro que a prioridade total deveria ser na manutenção do titular. Logo na sequência, concedeu entrevista coletiva e repetiu o discurso: segundo o comandante, Kardec tem características únicas, e o recém-chegado Henrique não pode ser comparado a ele. As partes voltarão a conversar nesta segunda e começarão a definir o que fazer para não sentir a saída do camisa 14.