icons.title signature.placeholder Thiago Ferri
22/11/2013
11:21

A primeira proposta do Palmeiras para renovar o contrato de Gilson Kleina já foi entregue ao técnico, mas não animou. A oferta é pela extensão do vínculo por mais um ano, só que com o salário mais baixo do que atual. A intenção do Verdão é completar os ganhos do técnico com bonificações por objetivos atingidos no ano, conforme o LANCE!Net apurou e a "Folha de S. Paulo" publicou nesta sexta-feira. O atual comandante, porém, fará uma contraproposta até o início da próxima semana.

O LANCE!Net revelou nesta sexta que o clube - por não ter dinheiro para grandes investimentos em 2014 - irá usar deste artifício para atrair reforços. A diretoria não terá como bancar altos salários para o centenário, e os recebimentos de Kleina, que hoje giram em torno de R$ 300 mil, são considerados altos demais por muitos dentro no clube.

A oferta pegou o treinador de surpresa. Depois do título da Série B, a intenção do estafe de Kleina era de que houvesse uma valorização salarial, além do pedido do treinador por maior autonomia e respeito no cargo. Ele ficou incomodado com a situação armada em Belém (PA), após o jogo contra o Paysandu, quando José Carlos Brunoro, diretor-executivo, confirmou a procura por Marcelo Bielsa, que não avançou pela alta pedida salarial do argentino. Sem "El Loco", o dirigente disse que o atual comandante se tornava a "primeira opção brasileira".

Enquanto sua situação com o Verdão não se acerta, Kleina já foi consultado por outros quatro clubes: Fluminense, Vasco, Santos e Coritiba. Em Campo Grande (MS), o treinador irá esperar sua volta para São Paulo (SP) para reunir-se com seu empresário e alinhar qual será a oferta que fará para responder à proposta do Palmeiras.

A demora para resolver a situação de Kleina já começou a incomodar na Academia de Futebol, tanto que Fernando Prass admitiu que o impasse gera um clima pesado no clube. Após obter o acesso, o presidente Paulo Nobre disse que iria começar a conversar pela renovação com Kleina na semana seguinte, no fim de outubro. Nada ocorreu, porém. Depois, sexta passada era tido como "prazo final" no clube para definir, mas novo adiamento ocorreu. Agora, já campeão, o time joga no Morenão contra o Ceará, neste sábado, às 17h20. No jogo, o time receberá a taça da Série B, a primeira obtida por Kleina no clube, e aquela que pode ter sido, também, a última.