icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/12/2013
18:06

Sem conseguir comprar os direitos econômicos de Leandro, a diretoria do Palmeiras gostaria de acertar até o início de janeiro a renovação de empréstimo do atacante, que pertence ao Grêmio.

O Verdão tem a prioridade unilateral para prorrogar o vínculo do atleta, mas precisa chegar a um acordo salarial - a oferta inicial foi de R$ 90 mil, mas Leandro pediu R$ 300 mil. Os atuais vencimentos estão na casa dos R$ 50 mil.

O Alviverde tentou adquirir em definitivo o jogador, artilheiro do Verdão no ano (19 gols), mas o Tricolor gaúcho bateu o pé e diz não aceitar menos de 5 milhões de dólares (cerca de R$ 16 milhões).

- Do Leandro nós temos conversado quase que diariamente para que as coisas ocorram. Já chegamos a alguns valores. É uma negociação um pouco mais demorada. É um jogador que nos interessa até se pudéssemos comprar definitivamente. A coisa está caminhando bem. Tomara que até a apresentação do grupo (3 de janeiro) tudo tenha se resolvido - declarou à Rádio Globo José Carlos Brunoro, diretor-executivo alviverde.

Enquanto tenta manter o goleador do elenco, a diretoria libera os atletas que não interessam à comissão técnica. Depois de Rondinelly, Fernandinho, Ronny e Léo Gago, foi a vez de Ananias ser dispensado

- O Ananias vai de volta para o Cruzeiro - confirmou o dirigente.

O meia-atacante foi emprestado pela Raposa em maio, até o fim deste ano, na negociação que levou o volante Souza em definitivo para Belo Horizonte (MG).