icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/07/2013
18:21

O empate por 1 a 1 com o Guaratinguetá neste sábado não foi, definitivamente, a homenagem que o Palmeiras gostaria de prestar ao ídolo Djalma Santos - os jogadores atuaram com uma camisa branca com a imagem do rosto do ex-jogador no peito e o nome dele nas costas. Após abrir o placar com Leandro no primeiro tempo, viu o Guaratinguetá crescer na etapa final e chegar ao empate com gol de Douglas Tanque, centroavante revelado na base do Corinthians.

Com o resultado, o Verdão ficou com 22 pontos e perdeu a liderança da Série B para a Chapecoense, que bateu o Avaí e alcançou os 23 pontos na tabela. A equipe catarinense ainda tem um jogo a menos que o Alviverde paulista e pode, caso vença o América-MG dia 20 de agosto, aumentar em quatro pontos a diferença para os comandados de Gilson Kleina.

A primeira etapa começou equilibrada, sem que uma das equipes levasse mais perigo ao goleiro adversário. A defesa do Guará, porém, correu risco em pelo menos duas oportunidades ao jogar adiantada, obrigando o camisa 1 Saulo a sair quase na intermediária para cortar os passes em profundidade dos palmeirenses.

Mais organizado a partir dos 15 minutos, o Palmeiras ganhava gradativamente o controle da posse de bola, chegando mais próximo de abrir o placar. As seguidas tentativas pela esquerda com Juninho e Vinícius dariam resultado após cruzamento do atacante, desviado para escanteio.

O próprio Vinícius cobrou na primeira trave, Valdivia desviou e matou Saulo, que se preparava para uma finalização do chileno. A bola, contudo, foi parar no segundo pau, onde Leandro se aproveitou do vacilo de Bruno Formigoni na marcação individual para marcar o primeiro do Alviverde. Na comemoração, o camisa 38 mostrou para as câmeras o rosto do lateral-direito Djalma Santos, ídolo palmeirense após falecer há cerca de uma semana.

O Verdão seguiu melhor até o fim da etapa inicial. Dono da posse de bola, pouco permitiu que os mandantes trabalhassem a bola pelo chão e conseguissem finalizar. Tanto que a melhor chance do Guará foi em cabeçada do zagueiro Marquinhos (aquele que certa vez brigou com Carlos Tevez em um treino do Corinthians), após escanteio da direita.

Na volta do intervalo, o Guaratinguetá parece ter vindo do vestiário determinado a corrigir os erros dos primeiros 45 minutos. Com bom toque de bola, envolveu facilmente o Palmeiras e, com a melhora considerável de seu centroavante Douglas, o Tanque, passou a jogar melhor que o Alviverde.

A reação se iniciou logo aos 3 minutos. Após boa troca de passes e a ultrapassagem do meia Juninho pela direita, o camisa 10 recebeu e cruzou rasteiro. Douglas, livre de marcação, aproveitou o espaço dentro da grande área para, com tranquilidade, superar Fernando Prass e deixar tudo igual.

A equipe do Vale do Paraíba seguia melhor e oferecendo perigo ao gol do Verdão até que o lateral-esquerdo Ruan recebeu o segundo amarelo e foi expulso depois de falta em Ronny - punição exagerada por parte do árbitro Vinicius Furlan, que continuaria a distribuir cartões tanto aos donos da casa quanto ao time de Gilson Kleina, que teria Ronny expulso aos 46 minutos, após chutar o braço do goleiro depois de uma trombada na pequena área.

Na próxima rodada, o Palmeiras recebe os cearenses do Icasa, no Pacaembu, terça-feira, às 21h50. Já o Guaratinguetá vai a Itápolis encarar o Oeste, no Estádio dos Amaros, também na terça-feira, às 19h30.

FICHA TÉCNICA
GUARATINGUETÁ 1 X 1 PALMEIRAS

Local: Estádio Dario Leite, em Guaratinguetá (SP)
Data/Horário: 27 de julho de 2013 – 16h20
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Renda/público: R$ 315.670,00 / 10.315 pagantes
Cartões amarelos: Murilo, Ruan, Julio Cesar, Giovanni (GUA); Charles, Valdivia, André Luiz, Luis Felipe, Ronny (PAL)
Cartões vermelhos: Ruan, aos 18'/2ºT; Ronny, aos 46'/2ºT
Gols: Leandro, aos 20'/1ºT (0-1); Douglas Tanque, aos 3'/2ºT (1-1)

GUARATINGUETÁ: Saulo; Murilo, Marquinhos, Pedro Paulo e Ruan; Julio Cesar, Bruno, Renato Peixe (Allan Dias - 25'/2ºT)e Juninho (Rodrigo - 31'/2ºT); Moacir (Giovanni - 22'/2ºT) e Douglas Tanque. Técnico: Carlos Octávio.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe, Henrique, André Luiz e Juninho; Márcio Araújo (Mendieta - 30'/2ºT), Charles (Alan Kardec - 10'/2ºT), Wesley e Valdivia; Vinícius (Ronny - 17'/2ºT) e Leandro. Técnico: Gilson Kleina.

O empate por 1 a 1 com o Guaratinguetá neste sábado não foi, definitivamente, a homenagem que o Palmeiras gostaria de prestar ao ídolo Djalma Santos - os jogadores atuaram com uma camisa branca com a imagem do rosto do ex-jogador no peito e o nome dele nas costas. Após abrir o placar com Leandro no primeiro tempo, viu o Guaratinguetá crescer na etapa final e chegar ao empate com gol de Douglas Tanque, centroavante revelado na base do Corinthians.

Com o resultado, o Verdão ficou com 22 pontos e perdeu a liderança da Série B para a Chapecoense, que bateu o Avaí e alcançou os 23 pontos na tabela. A equipe catarinense ainda tem um jogo a menos que o Alviverde paulista e pode, caso vença o América-MG dia 20 de agosto, aumentar em quatro pontos a diferença para os comandados de Gilson Kleina.

A primeira etapa começou equilibrada, sem que uma das equipes levasse mais perigo ao goleiro adversário. A defesa do Guará, porém, correu risco em pelo menos duas oportunidades ao jogar adiantada, obrigando o camisa 1 Saulo a sair quase na intermediária para cortar os passes em profundidade dos palmeirenses.

Mais organizado a partir dos 15 minutos, o Palmeiras ganhava gradativamente o controle da posse de bola, chegando mais próximo de abrir o placar. As seguidas tentativas pela esquerda com Juninho e Vinícius dariam resultado após cruzamento do atacante, desviado para escanteio.

O próprio Vinícius cobrou na primeira trave, Valdivia desviou e matou Saulo, que se preparava para uma finalização do chileno. A bola, contudo, foi parar no segundo pau, onde Leandro se aproveitou do vacilo de Bruno Formigoni na marcação individual para marcar o primeiro do Alviverde. Na comemoração, o camisa 38 mostrou para as câmeras o rosto do lateral-direito Djalma Santos, ídolo palmeirense após falecer há cerca de uma semana.

O Verdão seguiu melhor até o fim da etapa inicial. Dono da posse de bola, pouco permitiu que os mandantes trabalhassem a bola pelo chão e conseguissem finalizar. Tanto que a melhor chance do Guará foi em cabeçada do zagueiro Marquinhos (aquele que certa vez brigou com Carlos Tevez em um treino do Corinthians), após escanteio da direita.

Na volta do intervalo, o Guaratinguetá parece ter vindo do vestiário determinado a corrigir os erros dos primeiros 45 minutos. Com bom toque de bola, envolveu facilmente o Palmeiras e, com a melhora considerável de seu centroavante Douglas, o Tanque, passou a jogar melhor que o Alviverde.

A reação se iniciou logo aos 3 minutos. Após boa troca de passes e a ultrapassagem do meia Juninho pela direita, o camisa 10 recebeu e cruzou rasteiro. Douglas, livre de marcação, aproveitou o espaço dentro da grande área para, com tranquilidade, superar Fernando Prass e deixar tudo igual.

A equipe do Vale do Paraíba seguia melhor e oferecendo perigo ao gol do Verdão até que o lateral-esquerdo Ruan recebeu o segundo amarelo e foi expulso depois de falta em Ronny - punição exagerada por parte do árbitro Vinicius Furlan, que continuaria a distribuir cartões tanto aos donos da casa quanto ao time de Gilson Kleina, que teria Ronny expulso aos 46 minutos, após chutar o braço do goleiro depois de uma trombada na pequena área.

Na próxima rodada, o Palmeiras recebe os cearenses do Icasa, no Pacaembu, terça-feira, às 21h50. Já o Guaratinguetá vai a Itápolis encarar o Oeste, no Estádio dos Amaros, também na terça-feira, às 19h30.

FICHA TÉCNICA
GUARATINGUETÁ 1 X 1 PALMEIRAS

Local: Estádio Dario Leite, em Guaratinguetá (SP)
Data/Horário: 27 de julho de 2013 – 16h20
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Renda/público: R$ 315.670,00 / 10.315 pagantes
Cartões amarelos: Murilo, Ruan, Julio Cesar, Giovanni (GUA); Charles, Valdivia, André Luiz, Luis Felipe, Ronny (PAL)
Cartões vermelhos: Ruan, aos 18'/2ºT; Ronny, aos 46'/2ºT
Gols: Leandro, aos 20'/1ºT (0-1); Douglas Tanque, aos 3'/2ºT (1-1)

GUARATINGUETÁ: Saulo; Murilo, Marquinhos, Pedro Paulo e Ruan; Julio Cesar, Bruno, Renato Peixe (Allan Dias - 25'/2ºT)e Juninho (Rodrigo - 31'/2ºT); Moacir (Giovanni - 22'/2ºT) e Douglas Tanque. Técnico: Carlos Octávio.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe, Henrique, André Luiz e Juninho; Márcio Araújo (Mendieta - 30'/2ºT), Charles (Alan Kardec - 10'/2ºT), Wesley e Valdivia; Vinícius (Ronny - 17'/2ºT) e Leandro. Técnico: Gilson Kleina.