icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/04/2014
16:29

A expectativa da comissão técnica de ter o elenco completo para a estreia do Campeonato Brasileiro, no dia 20 de abril, contra o Criciúma, não deve se concretizar apenas por conta de Bruno Oliveira, que só fez um jogo em 2014. O lateral-direito, que durante este ano conviveu com lesões nas coxas, não deve ter condições de voltar aos trabalhos com Gilson Kleina no dia 14 de abril. Os outros nove jogadores com problemas físicos devem ter condições de jogar após a pausa.

- O Bruno Oliveira é um jogador que temos uma atenção um pouco especial, e vai ficar um pouco mais conosco. Mas a princípio acho que é apenas ele mesmo. O restante no dia 14 (de abril) deve estar à disposição do Kleina - explicou Fabiano Xhá, preparador físico do time.

Com 16 dias de treinamentos até a estreia no Brasileiro, a comissão técnica decidiu dar ênfase aos trabalhos físicos no início da próxima semana, na qual boa parte dos jogadores que estavam com problemas deixam o departamento médico. Na outra segunda, dia 14, esperam-se todos (exceto o jovem lateral) para que Kleina possa montar o time que iniciará o Brasileiro.

Fernando Prass e Valdivia (entorse no tornozelo direito), Wendel (coxa direita), Juninho (coxa esquerda), Wesley (bacia), Alan Kardec (coxa esquerda), França (panturrilha esquerda) e Diogo (coxa direita) ainda não treinam com o grupo por conta de contusões - Bruno César, que estava com dores na coxa esquerda, é o outro lesionado. Destes, o Mago deve ser um dos que terá um retorno um pouco mais demorado: quarta-feira, a fim de evitar novos problemas.

- Alguns jogadores estarão em transição com a preparação física na segunda, e ficarão entre dois e três dias concosco (preparação física). Outros, a partir de quarta, para ser entregue ao técnico no dia 14. Bem provável que a maioria do grupo esteja à disposição - acrescentou.

De acordo com Xhá, parte do grupo - os que mais jogaram ultimamente - fará, neste início, um trabalho para diminuir a carga física, e a outra parte fará o inverso. As atividades apenas físicas devem ocorrer até quarta-feira, e depois aos poucos os jogadores também trabalharão com bola. Nesta fim de semana, o grupo receberá folga.