icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena
16/11/2013
10:00

Os goleiros Fernando Prass e Bruno, representantes do Palmeiras no Bom Senso F.C., cogitam que os jogadores do Verdão e do Boa Esporte cruzem os braços no primeiro minuto do jogo deste sábado, às 16h20, no Pacaembu. O protesto, feito em todos os jogos da Série A no meio de semana, busca melhorias no futebol brasileiro, sobretudo no calendário de competições.

O zagueiro corintiano Paulo André, uma das lideranças do movimento, já havia avisado que a ideia era que o protesto acontecesse também na Série B. Ceará e Guaratinguetá já aderiram.

- Ainda vamos conversar sobre a possibilidade de protesto. O que já aconteceu foi uma conversa com o presidente (Paulo Nobre), o Brunoro (diretor-executivo), o Omar (gerente de futebol) e o Kleina. Depois da primeira reunião, passei a eles a posição do movimento e recebi apoio, porque as melhorias são para todos, não só os atletas - disse Bruno, que ficará no banco, ao LANCE!Net.

Até a tarde dessa sexta, o elenco não havia se reunido para discutir a possibilidade de participar da ação. Em alguns jogos da Série A, os árbitros disseram aos jogadores que todos seriam punidos com cartão amarelo se não iniciassem o jogo após o apito. A alternativa foi tocar na bola antes de cruzar os braços.