icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2013
23:45

O Palmeiras é mais uma vez líder da Série B. Na noite desta terça-feira, o time levou um susto, mas deslanchou no segundo tempo e conseguiu golear o Icasa, no Pacaembu, por 4 a 0 - com gols de Vinicius, em cobrança de pênalti, Alan Kardec (duas vezes), que saiu do banco de reservas, e Wesley. Com o resultado nesta 11ª rodada do nacional, o Verdão novamente ultrapassou na tabela a Chapecoense, que perdeu para o Ceará e encerrou sua invencibilidade na competição.

Com Valdivia no banco de reservas, Mendieta fez sua estreia como titular no meio-campo. Além desta mudança, Vilson voltou ao time, na vaga de André Luiz. Depois de começar pressionando, o Verdão esteve perto de sair atrás no placar: após pênalti cometido por Henrique, Fernando Prass salvou a equipe ao defender a cobrança de Radamés. Quando Leandro foi derrubado dentro da outra área, porém, Vinicius não vacilou e colocou o time paulista à frente no placar.

Na segunda etapa, depois de um bom início, Prass teve de aparecer para fazer duas importantes defesas. Kleina ainda colocou Kardec e Valdivia na equipe. E o camisa 14 foi decisivo no placar para o Alviverde. Após cobrança de escanteio, fez de cabeça seu primeiro gol com a camisa alviverde - ele ainda marcaria já nos acréscimos. Wesley, após jogada trabalhada, também deixou sua marca.

Kardec marcou duas vezes contra o Icasa (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

Agora com 25 pontos, o Palmeiras chegou ao sexto jogo seguido sem derrota e tem dois de vantagem para a Chapecoense. A equipe catarinense, contudo, tem um jogo a menos na competição. O Verdão do Cariri, após a derrota, parou nos 11 pontos, ainda no meio da tabela da Segundona.

Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o Bragantino, sexta-feira, às 19h30, no Pacaembu. O Icasa, por sua vez, tenta a recuperação diante do São Caetano, em Juazeiro do Norte (CE), no sábado, às 16h20.

O JOGO

O Palmeiras começou a partida pressionando o Icasa já no seu campo de ataque. O time cearense apresentava dificuldades para sair jogando, e, logo no primeiro minuto, Luis Felipe descolou bom lançamento. O lance, contudo, não passou de um susto, nem fez o goleiro João Ricardo trabalhar.

Apesar da presença à frente, o Alviverde foi criar seu primeiro lance de perigo aos sete minutos. Vinicius fez a jogada e entregou para Charles, que limpou a marcação e bateu de longa distância: a bola saiu por cima, perto do ângulo direito da meta do Icasa.

Aliado aos erros na saída de bola dos visitantes, que sofriam com a marcação sob pressão, o Palmeiras contou com o bom início para incomodar - Mendieta, em sua estreia como titular, lançou bem Wesley, mas o chute do volante explodiu na marcação.

Sem conseguir seu gol, o time da casa diminuiu a pressão e, enquanto chutava pouco, Radamés, aos 13, mandou tiro de longa distância para fora - foi primeira jogada de perigo da equipe de Juazeiro do Norte.

Mendieta, que assistiu a Wesley no começo do jogo, sumiu durante o primeiro, fazendo com que as jogadas de ataque do Palmeiras dependessem dos volantes - exceto Márcio Araújo, este mais focado na marcação -, além de Leandro e Vinicius, que voltavam para criar.

Os espaços à frente encorajaram até a dupla de zaga, Henrique e Vilson, a subir ao ataque - foi dos pés do ex-gremista o cruzamento para Charles pela direita. O volante bateu de dentro da área, mais uma vez para fora. A ousadia dos defensores, porém, gerou um castigo ao Verdão.

A marcação nas laterais tornou-se um problema, e o Icasa passou a incomodar. Aos 22 minutos, Henrique caiu dentro da área, e derrubou Roberto em um carrinho - o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, porém, Radamés bateu no canto direito e Fernando Prass defendeu.

Fernando Prass defendeu pênalti cobrado por Radamés (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

O Verdão não se abateu após o lance, e levou perigo com Leandro, em jogada individual, que parou no goleiro João Ricardo. Aos 31, Carlinhos, do Icasa, perdeu boa chance em chute cruzado dentro da área.

Aos 36 minutos, o camisa 38 tentou o corte em Gilmak e foi derrubado dentro da área - pênalti para o Verdão. Na cobrança, Vinicius foi bem e bateu no canto direito baixo - o goleiro do Icasa até acertou o lado, mas não evitou o gol: 1 a 0 para o Palmeiras. Antes de encerrar a primeira etapa, Mendieta limpou três rivais em linda jogada, mas o lance mais uma vez parou no goleiro.

Na volta do intervalo, Gilson Kleina preferiu não mexer na equipe - Valdivia, com isso, seguiu no banco de reservas. Com a mesma formação, Luis Felipe descolou belo cruzamento para Vinicius após jogada de Márcio Araújo e o goleiro João Ricardo fez grande defesa.

Só que os já recorrentes problemas na defesa palmeirense voltaram a aparecer em lances consecutivos: aos oito, Carlinhos disparou pelo lado esquerdo do ataque e bateu cruzado. Prass fez boa defesa. Na sobra, Chapinha foi quem tentou o arremate, e o camisa 25 mais uma vez realizou importante intervenção.

Aos 19 minutos, Kleina fez duas alterações: colocou Alan Kardec e Valdivia nas vagas de Mendieta e Vinicius, respectivamente. Após as mudanças, porém, o time tinha dificuldades para chegar - Luis Felipe, com isto, tornou-se uma boa opção para o ataque no lado direito.

Quando o nervosismo parecia tomar conta do Verdão, que não conseguia matar o jogo, veio a resposta. Aos 32, em cobrança de escanteio feita por Juninho, Kardec subiu mais do que todos no meio da área e testou firme para ampliar: 2 a 0.

A defesa do Icasa após o segundo gol ficou ainda mais aberta, e Kardec ficou próximo de fazer o terceiro gol do Verdão, após jogada de Ananias, que substituiu Leandro.

Já aos 39, Valdivia roubou a bola de Radamés, e o Verdão trocou passes dentro da área. Charles serviu a Wesley, que driblou o marcador e fuzilou de perna direita: 3 a 0 para o Palmeiras. Na sequência, o chileno, em jogada individual, só rolou para Kardec bater firme e definir a goleada. Festa completa no Pacaembu, onde o Verdão só venceu até agora na Série B - 4 a 1 sobre o ABC e agora o triunfo sobre o Icasa.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 4 X 0 ICASA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/Hora: 30/7/2013, às 21h50
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao (GO)
Auxiliares: Fabio Pereira (TO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
Renda e público: R$ 400.975,00 / 12.890 pagantes
Cartões amarelos: Henrique, Alan Kardec (PAL); Luiz Otávio, Gilmak, Chapinha, Radamés (ICA)
Cartões vermelhos: -
Gols: Vinicius, aos 37'/1ºT (1-0); Alan Kardec, aos 31'/2ºT (2-0); Wesley, aos 39'/2ºT (3-0); Alan Kardec, aos 46'/2ºT (4-0)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe, Vilson, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Mendieta (Valdivia - 18'/2ºT); Vinicius (Alan Kardec - 18'/2ºT) e Leandro (Ananias - 29'/2ºT). Técnico: Gilson Kleina

ICASA: João Ricardo; Neílson, Luiz Otávio, Luis Gustavo e Carlinhos; Da Silva, Gilmak, Radamés, Roberto (Alex William - 21'/2ºT) e Chapinha (Adalgísio Pitbull - 29'/2ºT); Juninho Potiguar (Leandrinho - 34'/2ºT). Técnico: Sidney Moraes

O Palmeiras é mais uma vez líder da Série B. Na noite desta terça-feira, o time levou um susto, mas deslanchou no segundo tempo e conseguiu golear o Icasa, no Pacaembu, por 4 a 0 - com gols de Vinicius, em cobrança de pênalti, Alan Kardec (duas vezes), que saiu do banco de reservas, e Wesley. Com o resultado nesta 11ª rodada do nacional, o Verdão novamente ultrapassou na tabela a Chapecoense, que perdeu para o Ceará e encerrou sua invencibilidade na competição.

Com Valdivia no banco de reservas, Mendieta fez sua estreia como titular no meio-campo. Além desta mudança, Vilson voltou ao time, na vaga de André Luiz. Depois de começar pressionando, o Verdão esteve perto de sair atrás no placar: após pênalti cometido por Henrique, Fernando Prass salvou a equipe ao defender a cobrança de Radamés. Quando Leandro foi derrubado dentro da outra área, porém, Vinicius não vacilou e colocou o time paulista à frente no placar.

Na segunda etapa, depois de um bom início, Prass teve de aparecer para fazer duas importantes defesas. Kleina ainda colocou Kardec e Valdivia na equipe. E o camisa 14 foi decisivo no placar para o Alviverde. Após cobrança de escanteio, fez de cabeça seu primeiro gol com a camisa alviverde - ele ainda marcaria já nos acréscimos. Wesley, após jogada trabalhada, também deixou sua marca.

Kardec marcou duas vezes contra o Icasa (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

Agora com 25 pontos, o Palmeiras chegou ao sexto jogo seguido sem derrota e tem dois de vantagem para a Chapecoense. A equipe catarinense, contudo, tem um jogo a menos na competição. O Verdão do Cariri, após a derrota, parou nos 11 pontos, ainda no meio da tabela da Segundona.

Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o Bragantino, sexta-feira, às 19h30, no Pacaembu. O Icasa, por sua vez, tenta a recuperação diante do São Caetano, em Juazeiro do Norte (CE), no sábado, às 16h20.

O JOGO

O Palmeiras começou a partida pressionando o Icasa já no seu campo de ataque. O time cearense apresentava dificuldades para sair jogando, e, logo no primeiro minuto, Luis Felipe descolou bom lançamento. O lance, contudo, não passou de um susto, nem fez o goleiro João Ricardo trabalhar.

Apesar da presença à frente, o Alviverde foi criar seu primeiro lance de perigo aos sete minutos. Vinicius fez a jogada e entregou para Charles, que limpou a marcação e bateu de longa distância: a bola saiu por cima, perto do ângulo direito da meta do Icasa.

Aliado aos erros na saída de bola dos visitantes, que sofriam com a marcação sob pressão, o Palmeiras contou com o bom início para incomodar - Mendieta, em sua estreia como titular, lançou bem Wesley, mas o chute do volante explodiu na marcação.

Sem conseguir seu gol, o time da casa diminuiu a pressão e, enquanto chutava pouco, Radamés, aos 13, mandou tiro de longa distância para fora - foi primeira jogada de perigo da equipe de Juazeiro do Norte.

Mendieta, que assistiu a Wesley no começo do jogo, sumiu durante o primeiro, fazendo com que as jogadas de ataque do Palmeiras dependessem dos volantes - exceto Márcio Araújo, este mais focado na marcação -, além de Leandro e Vinicius, que voltavam para criar.

Os espaços à frente encorajaram até a dupla de zaga, Henrique e Vilson, a subir ao ataque - foi dos pés do ex-gremista o cruzamento para Charles pela direita. O volante bateu de dentro da área, mais uma vez para fora. A ousadia dos defensores, porém, gerou um castigo ao Verdão.

A marcação nas laterais tornou-se um problema, e o Icasa passou a incomodar. Aos 22 minutos, Henrique caiu dentro da área, e derrubou Roberto em um carrinho - o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, porém, Radamés bateu no canto direito e Fernando Prass defendeu.

Fernando Prass defendeu pênalti cobrado por Radamés (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

O Verdão não se abateu após o lance, e levou perigo com Leandro, em jogada individual, que parou no goleiro João Ricardo. Aos 31, Carlinhos, do Icasa, perdeu boa chance em chute cruzado dentro da área.

Aos 36 minutos, o camisa 38 tentou o corte em Gilmak e foi derrubado dentro da área - pênalti para o Verdão. Na cobrança, Vinicius foi bem e bateu no canto direito baixo - o goleiro do Icasa até acertou o lado, mas não evitou o gol: 1 a 0 para o Palmeiras. Antes de encerrar a primeira etapa, Mendieta limpou três rivais em linda jogada, mas o lance mais uma vez parou no goleiro.

Na volta do intervalo, Gilson Kleina preferiu não mexer na equipe - Valdivia, com isso, seguiu no banco de reservas. Com a mesma formação, Luis Felipe descolou belo cruzamento para Vinicius após jogada de Márcio Araújo e o goleiro João Ricardo fez grande defesa.

Só que os já recorrentes problemas na defesa palmeirense voltaram a aparecer em lances consecutivos: aos oito, Carlinhos disparou pelo lado esquerdo do ataque e bateu cruzado. Prass fez boa defesa. Na sobra, Chapinha foi quem tentou o arremate, e o camisa 25 mais uma vez realizou importante intervenção.

Aos 19 minutos, Kleina fez duas alterações: colocou Alan Kardec e Valdivia nas vagas de Mendieta e Vinicius, respectivamente. Após as mudanças, porém, o time tinha dificuldades para chegar - Luis Felipe, com isto, tornou-se uma boa opção para o ataque no lado direito.

Quando o nervosismo parecia tomar conta do Verdão, que não conseguia matar o jogo, veio a resposta. Aos 32, em cobrança de escanteio feita por Juninho, Kardec subiu mais do que todos no meio da área e testou firme para ampliar: 2 a 0.

A defesa do Icasa após o segundo gol ficou ainda mais aberta, e Kardec ficou próximo de fazer o terceiro gol do Verdão, após jogada de Ananias, que substituiu Leandro.

Já aos 39, Valdivia roubou a bola de Radamés, e o Verdão trocou passes dentro da área. Charles serviu a Wesley, que driblou o marcador e fuzilou de perna direita: 3 a 0 para o Palmeiras. Na sequência, o chileno, em jogada individual, só rolou para Kardec bater firme e definir a goleada. Festa completa no Pacaembu, onde o Verdão só venceu até agora na Série B - 4 a 1 sobre o ABC e agora o triunfo sobre o Icasa.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 4 X 0 ICASA

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/Hora: 30/7/2013, às 21h50
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao (GO)
Auxiliares: Fabio Pereira (TO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
Renda e público: R$ 400.975,00 / 12.890 pagantes
Cartões amarelos: Henrique, Alan Kardec (PAL); Luiz Otávio, Gilmak, Chapinha, Radamés (ICA)
Cartões vermelhos: -
Gols: Vinicius, aos 37'/1ºT (1-0); Alan Kardec, aos 31'/2ºT (2-0); Wesley, aos 39'/2ºT (3-0); Alan Kardec, aos 46'/2ºT (4-0)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe, Vilson, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Mendieta (Valdivia - 18'/2ºT); Vinicius (Alan Kardec - 18'/2ºT) e Leandro (Ananias - 29'/2ºT). Técnico: Gilson Kleina

ICASA: João Ricardo; Neílson, Luiz Otávio, Luis Gustavo e Carlinhos; Da Silva, Gilmak, Radamés, Roberto (Alex William - 21'/2ºT) e Chapinha (Adalgísio Pitbull - 29'/2ºT); Juninho Potiguar (Leandrinho - 34'/2ºT). Técnico: Sidney Moraes