icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/03/2014
10:01

Com apenas mais três jogos até decidir-se o campeão paulista, o foco é total no Palmeiras. Para não ser eliminado precocemente, e a fim de recuperar fisicamente seus jogadores, o técnico Gilson Kleina decidiu antecipar a concentração do grupo. Nesta sexta à tarde, o elenco se reapresenta na Academia de Futebol e já fica confinado a partir da noite para a semifinal do Estadual - o normal é o grupo se concentrar no sábado.

Depois de vencer o Bragantino na quinta-feira, o Verdão terá menos tempo do que Ituano (próximo rival), Penapolense e Santos de preparação antes da semifinal do Paulista. Por isso, o comandante palmeirense planeja trabalhos leves nos próximos dois dias.

- Sabíamos que jogando na quinta ganhamos um dia, mas perderia uma recuperação. Vamos adiantar a concentração, o maior treino é recuperação, alimentação, massagem amanhã (sexta). Tudo que temos posicionado e trabalhado, vamos fazer um treino muito leve no sábado de manhã - explicou.

Contra o Bragantino, o Alviverde pegou uma equipe catimbeira, que parou o jogo com faltas e deu trabalho especialmente em contra-ataques e jogadas de bola parada. Domingo, às 18h30, contra o Ituano, Gilson Kleina não espera situação parecida.

- Cada adversário é uma situação, um obstáculo. Hoje, enfrentamos uma bola aérea perigosíssima, contra-ataque muito perigoso com o Léo Jaime, um centroavante que faz muito bem o pivô e homens de trás que chamam atenção. Fomos competentes, mas muda a característica do Ituano. Só não muda o caráter de decisão. Precisamos da mesma gana e vontade de vencer - resumiu.

Com gol de Alan Kardec e Wesley, Palmeiras se classifica