icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/03/2014
18:45

Embora as 700 entradas para o setor visitante da Vila Belmiro não tenham sido esgotadas, os palmeirenses não têm mais como comprá-las. Após os atos de vandalismo de um grupo de torcedores na sede do programa Avanti, na manhã desta quinta, o clube decidiu inutilizar os ingressos que sobraram. A Palmeiras Tour, agência de turismo oficial que estava operando normalmente, também cancelou a comercialização de pacotes.

- Nao tem sistema para colocar esses ingressos para vender no Avanti, e eles não vão para a bilheteria para não acontecer o que aconteceu contra o Corinthians - disse o presidente Paulo Nobre, lembrando que a venda de 2 mil ingressos para o clássico com o rival alvinegro, também pelo Paulista, causou confusão no Palestra Itália (a bilheteria foi aberta para todos os torcedores).

Vândalos depredam sede do sócio-torcedor do Palmeiras

Com a depredação dos equipamentos, o sistema ficou danificado e o Palmeiras não sabe informar quantos ingressos já haviam sido vendidos. Na quarta-feira, apenas os 700 sócios-torcedores mais assíduos podiam adquirir entradas. As que sobraram foram colocadas à disposição de todos os cadastrados no Avanti nesta quinta, mas a venda logo foi suspensa por causa da confusão.

Quem já comprou ingresso pode acionar a Palmeiras Tour para ir até a Vila Belmiro, com translado oficial, ao custo de R$ 80. Os outros pacotes disponíveis, que continham o ingresso, não serão mais vendidos.