icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena
27/11/2013
11:32

A diretoria do Palmeiras entende que o atual contrato com a Adidas, fornecedora de material esportivo, tem valores incompatíveis com a importância do centenário, festejado em 2014. Por isso, as partes anteciparam as conversas para reajustar o vínculo, que termina apenas em dezembro do próximo ano.

Além do valor anual pago ao clube pela empresa, deve aumentar também o tempo de contrato. A prática tem sido adotada pela Adidas em negociações recentes.

O Flamengo, por exemplo, acertou por dez temporadas. O Rubro-Negro receberá R$ 35,6 milhões em cada uma das cinco primeiras e R$ 40,6 milhões nas cinco últimas.

No Palmeiras, o vínculo é diferente: foi assinado em 2010, na gestão de Luiz Gonzaga Belluzo, com a duração de quatro temporadas. Nas três primeiras, a empresa pagou R$ 17 milhões. Na última, a previsão é de R$ 19 milhões. Os valores foram divulgados pelo próprio Belluzzo em maio do ano passado, quando Flamengo e Adidas negociavam.

De acordo com pessoas do clube ouvidas pelo LANCE!Net, a Adidas propôs a discussão dos termos e o desfecho das tratativas está bem próximo.