icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
28/02/2015
18:14

Rodrigo Paiva, ex-assessor de imprensa da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), disse em entrevista ao programa Bola da Vez, da ESPN, que não foi consultado sobre a reunião entre a comissão técnica e alguns jornalistas, acontecida durante a Copa de 2014. De acordo com ele, não era momento de ousar e, caso fosse procurado, alertaria que encontro traria problemas.

- Poderia até concordar com a ideia, mas discordaria dizendo que aquilo provavelmente iria dar m... - disse Paiva.

De acordo com o ex-assessor, que trabalhou na entidade por 12 anos, Felipão tentou repetir o que já tinha feito em 2002. Mas o momento era outro, o número de profissionais de imprensa era maior.

- A gente sabe que em cobertura de Copa do Mundo todos estão sob pressão, qualquer faísca é motivo pra desgaste. Ousar, nesse momento, é inviável. Ali foi uma ousadia dele, mas foi uma coisa pura, sem maldade nenhuma - completou o ex-assesor defendendo o técnico.

Na ocasião, principalmente os jornalistas que não participaram do encontro, enxergaram o fato como uma fraqueza de Felipão. E criticaram a postura do treinador.

A entrevista completa com Rodrigo Paiva, que também falou sobre a polêmica de Ronaldo com os travestis, vai ao ar na íntegra na próxima terça-feira.