icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/12/2013
16:44

O pai de Messi, Jorge, falou neste sábado sobre as polêmicas recentes que envolvem o seu filho. Ele não comentou sobre as acusações de que estaria ligada à lavagem de dinheiro para empresas de narcotráfico, mas quis dar um ponto final na discussão pública entre o craque e Javier Faus, vice-presidente econômico da equipe. O dirigente negou que deveria dar um aumento ao camisa 10, que rebateu dizendo que ele não sabe nada de futebol.

- Este capítulo deve ser encerrado já. Não busquem mais nada que uma resposta direta de Leo a umas declaração públicas do senhor Faus. O dito está dito, ponto final. Quando Lionel diz algo, gera muitas notícias. Não queremos gerar uma situação de conflito com o clube, nem com o presidente, e muito menos com a torcida - disse Jorge Messi ao jornal argentino "Olé", negando problemas do jogador com a diretoria:

- Absolutamente. O presidente (Sandro) Rosell nos ofereceu apoio em todo o momento, agradecendo esses gestos. Esse apoio mostra o carinho que sentem por Lionel. Seus objetivos são os nossos objetivos: conseguir o máximo de títulos.

Por fim, Jorge Messi garantiu que o filho está feliz no Barcelona, ama o clube, e não pensa em deixá-lo.

- Leo cresceu neste clube e o ama. Seu compromisso com o Barcelona e com a torcida vai muito além do que se possa imaginar. Ninguém pode duvidar de que Lionel está no Barcelona por um sentimento - concluiu.