icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/11/2014
16:16

A boa apresentação diante do Flamengo na última quarta-feira, pela Copa do Brasil, já era um indício daquilo que Dodô poderia mostrar dentro de campo. Contra a equipe rubro-negra, o meia de apenas 20 anos deixou o banco de reservas no segundo tempo para participar do gol de Dátolo, que seria o terceiro dos quatro tentos alvinegros no Mineirão. Já neste domingo, o jogador, ainda mais motivado, recebeu nova chance de Levir e foi o cara do jogo contra o Palmeiras, marcando um gol e oferecendo a assistência para outro.

- Estou feliz demais pelo gol. Já são nove anos de Atlético-MG. Eu esperava muito por este momento e também por poder ter a oportunidade de começar a partida e fazer o gol - comentou Dodô.

MAIS:
> Reservas vencem e colocam o Galo no G-4 do Brasileirão
> Após boa partida, Dodô recebe elogios do técnico Levir
> Pierre celebra partida 'impecável' fora de casa

No primeiro gol do Galo, o jovem cobrou a falta pela direita e colocou a bola na cabeça do zagueiro Tiago. Já no segundo gol, Dodô fez uma linda jogada, driblando três jogadores do Palmeiras e tirou do goleiro Fernando Prass com um toque sutil de bico. O golaço no Pacaembu foi o primeiro do garoto pelo Atlético-MG, que se lembrou do pai ao comentar sobre seu melhor momento no time profissional até o momento.

- Dedico muito à minha família, que sempre me acompanhou e me ajudou. Só eu sei o tanto que meu pai se esforçou pra eu estar aqui agora. Este gol é para ele - completou.

Na próxima quarta-feira, Dodô deverá voltar ao banco de reservas do Atlético-MG para a partida contra o Cruzeiro, válida pela final da Copa do Brasil. As ausência dos afastados Jô e André, no entanto, aumentam a expectativa para que o jogador seja utilizado por Levir no decorrer da partida ou até mesmo no confronto da volta, no Mineirão.