icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/04/2014
11:09

Assim como na tarde da última terça-feira, o atacante Emerson Sheik ficou apenas na academia do CT Joaquim Grava na manhã desta quarta-feira. O clube informou que, como o camisa 11 não treinou na última segunda, ele está compensando com trabalhos extras sob comando do preparador físico Eduardo Silva.

O fato é que Sheik não está nos planos do técnico Mano Menezes para o restante da temporada e, por isso, tem sido tirado de diversas atividades do grupo principal. No fim da última semana, ele já havia treinado ao lado de jogadores pouco aproveitados, enquanto titulares e reservas trabalhavam em outro campo.

Na segunda-feira, Sheik não apareceu para treinar pois ficou no Rio de Janeiro para "acompanhar a mãe que estava no hospital", segundo a versão do jogador para a diretoria alvinegra. No clube, houve quem não comprasse a história, uma vez que ele negocia sua saída com outros clubes, apesar de estar na zona de conforto - ele ganha cerca de R$ 500 mil mensais e tem contrato até julho de 2015.

Nesta quarta, Mano comandou uma atividade de posse de bola primeiramente e, depois, o elenco treinou finalizações. À tarde, por volta de 15h30, haverá mais um período de treinos no CT.