icons.title signature.placeholder Leo Burlá
23/12/2013
17:25

O padrão Fifa passou longe do Mané Garrincha durante a realização do Torneio Internacional de Futebol Feminino. O torcedor que se dispôs a sair de casa para ver Marta e companhia teve problemas já na aquisição dos ingressos.

No entorno do estádio, situado em uma enorme área construída, as bilheterias foram substituídas por duas vans que faziam as vezes de guichês para a aquisição dos tíquetes do jogo entre Brasil e Escócia, no último dia 15 de dezembro.

De acordo com pessoas que foram ao evento, um carro estava posicionado próximo ao Setor Leste, enquanto o outro ficou estacionado no Setor Leste.

- Busquei informação com duas atendentes identificadas com colete verde-limão e ambas confirmaram que as bilheterias eram somente as duas vans. Diante do descaso, só me restou ir para casa e acompanhar o jogo pela televisão - disse ao LANCE!Net o torcedor Valter Santos.

Para a rodada subsequente, os organizadores do evento aumentaram os pontos de venda de bilhetes. Além dos automóvieis, uma central de ingressos em um shopping center e uma tenda no estacionamento do estádio 'reforçaram' a operação.

GOTEIRAS

Se o problema de falta de locais para compra de ingressos foi ao menos atacado, um outro veio à tona neste domingo, data da final da competição. Segundo reportagem publicada pelo 'Uol', goteiras atrapalharam a vida do torcedor que foi ao jogo.

A matéria mostrou que torcedores presentes no anel inferior da arquibancada coberta foram atingidas pela água. Muitos foram vistos usando guarda-chuvas e capas para minimizar o estrago. A um custo final de R$ 1,4 bi, o Mané, que receberá sete jogos na Copa de 2014, foi inaugurado em maio deste ano.

Em nota enviada pela assessoria de comunicação, o Governo do Distrito Federal 'esclarece que toda a responsabilidade pela venda de bilhetes, seja na definição de valores e na abertura de pontos de atendimento, é dos organizadores do evento.'

O LANCE!Net tentou contato com a assessoria de comunicação da Sport Promotion, organizadora do evento, mas não obteve nenhum retorno.