icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/02/2015
23:38

Depois de duas derrotas seguidas, Oswaldo de Oliveira voltou a vencer no comando do Palmeiras. Para fazer 3 a 0 no Rio Claro, nesta quarta, no Allianz Parque, o Verdão teve de passar pela instabilidade de sua defesa, e a tensão pela "obrigatoriedade" de ter de ganhar após os tropeços seguidos em sua casa.

- Ganhar é bom em qualquer circunstância, mas depois de duas derrotas havia aquele sentimento de obrigação de vencer entre os próprios jogadores. Isto até atrapalhou um pouquinho no início, porque eles precipitaram alguns passes, movimentações, algo natural de acontecer. Eles só vão realmente repetir aquilo que a gente acha que tem de repetir após jogarem mais vezes - explicou o técnico.

- Os primeiros minutos foram muito difíceis, porque a equipe não tinha a tranquilidade para rodar a bola, e no segundo tempo tivemos maior tranquilidade para vencer a partida. Agora com todo mundo mais jogado, mais acostumado, mais pronto, tranquilo, vamos ver se acumulamos um número maior de vitórias - acrescentou o treinador.

Esta foi a primeira vez na temporada em que o Verdão não sofreu gols neste Paulista. Diferentemente dos outros setores de sua equipe, o treinador tem dado sequência aos titulares (Fernando Prass, Lucas, Vitor Hugo, Tobio e Zé Roberto), numa tentativa de acabar com a instabilidade gerada depois do clássico contra o Corinthians, em que o Palmeiras perdeu por 1 a 0, em um erro de Vitor Hugo.

- Claro que em reflexo do jogo de domingo, gera instabilidade (na defesa), mas acho que a causa maior não foi o clássico. É um componente. (A defesa) É o único compartimento que estou tentando não mexer. Nos outros setores, tenho procurado trocar, experimentar, mas a defesa é nosso alicerce, nossa base. Isto acontece até pelo desgaste de já terem encarado seis jogos, contando amistosos, porque jogamos sempre com estes atletas, exceto contra a Ponte (Preta), quando o Zé Roberto não jogou - completou Oswaldo, citando o jogo conta a Macaca, em que o camisa 11 foi poupado.

Com quatro rodadas disputadas no Paulistão, o Palmeiras lidera o Grupo C do Estadual, com seis pontos. O Botafogo-SP está atrás apenas pelo número de gols marcados: seis contra quatro.