icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/03/2014
21:20

Apesar do Santos ter goleado pela terceira vez seguida nesta edição do Campeonato Paulista, o técnico Oswaldo de Oliveira diagnosticou alguns problemas na equipe, que superou o Oeste por 4 a 1 neste domingo, na Vila Belmiro, e assegurou a liderança do Grupo C. Segundo o comandante, o Peixe só conseguiu ser superior no segundo tempo, quando marcou os três últimos gols e consolidou o resultado positivo.

- Temos que reconhecer que nem todos os jogos vamos conseguir fazer grande número de gols. Temos que estar preparados para uma situação adversa também, e esse foi o maior exemplo. Eu vejo o Santos amadurecendo, buscando uma condição cada vez melhor. Contamos com essa evolução, mas não acho que o time está pronto. Tem muito a avançar - afirmou Oswaldo de Oliveira, satisfeito com o resultado e ansioso para que a equipe demonstre evolução na fase final do Paulistão.

Com 32 pontos, a duas rodadas do fim da primeira fase, o Santos avançará em primeiro lugar independentemente dos placares que conquistar diante do Rio Claro, no próximo domingo, e do Palmeiras, no clássico do dia 23. Diante do Oeste, o Peixe atingiu 34 gols e ampliou a marca de melhor ataque do torneio.

Além dos dois de Thiago Ribeiro e do gol de Diego Cardoso, Leandro Damião marcou pela quarta vez com a camisa alvinegra, e tem visão parecida com Oswaldo: o Santos ainda está em evolução.

- A gente não tem que parar, como foi contra o Oeste. Demos uma acalmada no fim do primeiro tempo, e não pode. Tem que ser sempre como foi no segundo - afirmou o camisa 9, que deixou sua marca de ombro. Foi o quarto gol de Damião nos últimos cinco jogos.


Santos goleia Oeste e garante liderança do Paulista