icons.title signature.placeholder Kaique Melo
24/11/2013
22:51

Após o empate do Botafogo em 1 a 1 contra o São Paulo, na noite deste domingo, no Morumbi, pela 36ª rodada di Campeonato Brasileiro, o técnico Oswaldo de Oliveira, apesar de cauteloso, disse que não se vê fora do clube em 2014. A declaração foi dada depois de ser questionado sobre o suposto interesse de duas equipes paulistas - Santos e Palmeiras -, em tê-lo no comando de seus times no ano que vem.

- Me vejo no Botafogo, mas é claro que sabemos que o clube tem seus objetivos. Até agora nada foi falado, então as duas partes estão em compasso de espera. O campeonato vai até o dia 8 e as coisas vão se definir perto do término - disse Oswaldo, usando de ironia para garantir que não recebeu nenhuma proposta vinda de dirigentes de clubes:

- Eu recebi muitas ligações, mas de empresários. Considero especulações, os dirigentes dos clubes falam português como eu. É muito fácil descobrir meu telefone e dirigente nenhum me procurou - disse.

Oswaldo de Oliveira completa dois anos de Botafogo no início de dezembro. Apesar de manter cautela quanto a renovação de contrato, o treinador já passou algumas posições em que considera que o time precisa de reforços para o ano que vem. O principal objetivo dele é levar o clube para a Libertadores da América. Sob seu comando, o Botafogo conquistou uma Taça Rio em 2012 e o Campeonato Carioca de 2013.

Botafogo empata com São Paulo e permanece fora do G4