icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena
01/02/2015
08:03

A contratação de Aranha, que será confirmada pelo Palmeiras nesta semana, deverá resultar na saída de Fábio. Oswaldo de Oliveira pretende trabalhar com quatro goleiros: o elenco ficará com o ex-santista, com o titular Fernando Prass e com Jailson, que vem agradando nos treinos e será mantido, além do garoto Vinicius Silvestre - é exigência do técnico que a última opção para o setor seja um jovem recém-promovido da base.

Ex-Ceará, Jailson chegou ao Verdão em outubro de 2014 e tem contrato somente até o fim do Paulistão. O vínculo, no entanto, deve ser renovado nos próximos dias. Ele foi contratado porque Fábio e Deola acumularam falhas enquanto Fernando Prass se recuperava de cirurgia no cotovelo, mas logo que chegou viu o titular ser liberado pelos médicos. A estreia, então, aconteceu só neste ano, durante o amistoso contra o Shandong Luneng (CHN). Ele também jogou contra o Red Bull, em outro amistoso, e foi inscrito no Paulistão.

Como o regulamento do Estadual permite a inscrição de apenas três goleiros, a comissão técnica pretende fazer com que Vinicius Silvestre dispute partidas do sub-20, mesmo que siga treinando entre os profissionais.

A ideia é emprestar Fábio para que ganhe experiência e volte mais maduro. Revelado pelo Verdão, ele era muito elogiado até o péssimo desempenho do ano passado. O clube acredita, porém, que será possível utilizá-lo no futuro.