icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/03/2014
07:03

Apesar de Leandro Damião não ter marcado nenhum gol na vitória por 4 a 0 sobre a Ponte Preta, na última quarta-feira, na Vila Belmiro, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, sua moral com o comandante do Peixe continua intacta. Após o duelo, o técnico Oswaldo de Oliveira foi só elogios ao camisa 9.

Além de o chamar de "ciclista" após a assistência de bicicleta para o gol de Geuvânio, o técnico santista afirmou que o centroavante tem sido muito melhor do que nos tempos de Internacional.

- Acho que aqui ele tem sido muito melhor que o Damião do Internacional. É solidário, faz a leitura perfeita do que eu peço. Às vezes, um dos meninos não volta e ele faz a função. Tem uma visão muito grande da equipe e entende com facilidade o que é proposto. Só não saiu satisfeito porque em um jogo de quatro gols, ele não não fez. O doutor falou que a musculatura dele ficou muito tensa no segundo tempo e eu não vou correr risco em um jogo que estava 3 a 0, por isso o tirei. Se nós perdermos ele agora, vai ser um dano muito grande - avisou.

Quando foi falar do lance plástico do início do segundo tempo, quando a bicicleta na intermediária deixou Geuvânio na cara do gol, Oswaldo lembrou de lances parecidos de Leandro Damião ainda no Colorado.

- O Damião é um exímio ciclista. Tem um aproveitamento muito grande em bicicletas. Já vimos gols assim dele pelo Inter. Gosta de lambreta, de duas rodas... Ele tentou uma outra e depois falou para o Geuvânio para ficar atento que podia acontecer - concluiu.

Santos atropela a Ponte Preta e avança no Paulista