icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/07/2014
21:32

Sempre adotando uma postura cautelosa, o técnico do Santos, Oswaldo de Oliveira, não se conteve após vencer a Chapecoense por 3 a 0, na Vila Belmiro e comemorou a entrada do Peixe entre os quatro colocados do Campeonato Brasileiro, mesmo que a posição seja provisória.

- É um estimulo, uma motivação para nós entrar no G4. Estamos pleiteando uma posição melhor, no topo da tabela, isso é muito importante para nós. A nossa meta é vencer os jogos. Precisamos focar nisso. A ascensão na tabela é consequência dessas vitorias. Independente da posição que a gente estiver ocupando, temos que nos preocupar sempre. Nos planejar para vencermos esses jogos - afirmou.


O Santos alcançou 20 pontos e só tem a frente o líder Cruzeiro, no entanto, com a mesma pontuação o Alvinegro tem Corinthians e Internacional, além de outras equipes que tem um ponto a menos, que irão jogar neste domingo.

Mesmo vencendo por um placar elástico de 3 a 0, Oswaldo ressaltou que não foi fácil furar o bloqueio da Chapecoense, que dificultou a saída de bola do time da casa e travou o meio de campo.

- Não foi fácil não. Eles jogaram bem e os ameaçaram bastante. A gente viu muito o jogo contra o São Paulo (vitória de 1 a 0 da Chapecoense). Nós tiramos dali as lições. Vimos que nós precisávamos utilizar o que temos de forte, nossa velocidade no ataque, e principalmente no contra-ataque. Nas oportunidades que entraram em nosso campo buscamos o contra-ataque em velocidade - concluiu.

Com boa atuação de Thiago Ribeiro, Santos vence a Chapecoense

Os jogadores santistas terão folga neste domingo e se reapresentam às 16 horas de segunda-feira no CT Rei Pelé. O próximo desafio é fora de casa pela Copa do brasil, na quinta-feira, Às 21 horas, contra o Londrina, no estádio do Café.