icons.title signature.placeholder Lucas Faraldo
31/07/2014
09:01

Provável reforço do Corinthians para o início do ano que vem, o paraguaio Óscar Romero, irmão gêmeo de Ángel Romero, não teve sua contratação “agilizada” para a atual temporada em decorrência do grande número de meias do plantel alvinegro. Ao menos seis jogadores disputariam vaga com o hoje camisa 26 do Cerro Porteño.

Em conversa com a reportagem do LANCE!, o diretor do Corinthians, Ronaldo Ximenes, afirmou que não há intenção do clube de se desfazer de atletas, nem mesmo os jovens recém-promovidos da base. Há cerca de duas semanas, o dirigente já havia negado a chegada de Óscar para 2014, lembrando o alto número de meias da equipe alvinegra.

Os atuais titulares que disputariam vaga com Óscar seriam Jadson e Petros. Na reserva, Renato Augusto e Lodeiro demonstram, treino após treino, potencial para jogar na equipe de Mano Menezes. Ademais, ainda há o jovem Zé Paulo, de 20 anos, e o experiente Danilo, de 35.

LANCE!TV:
> Jadson lamenta ausência em clássico contra o Palmeiras
> Jadson elege motivos para a boa fase do Corinthians

O destaque corintiano na última Copinha, inclusive, foi elogiado por Ximenes. Zé Paulo, que não vem ganhando muitas oportunidades na equipe principal, teve sua saída descartada após recente tentativa de investida da Portuguesa.

– Ele subiu este ano e fez alguns jogos. Acreditamos bastante em seu potencial – disse o diretor.

Salvo propostas que possam tirar do Timão alguns de seus meias, a forte concorrência no setor seguirá para o ano que vem, quando Óscar já deverá estar integrado à equipe. Aqueles com contratos mais próximos de expirar são Danilo e Jadson, até dezembro de 2015.