icons.title signature.placeholder Pedro Domingues - Craque do Futuro
11/12/2013
15:30

Com a barbárie do último domingo, na Arena Joinville, Atlético-PR e Vasco podem ser punidos com a perda de até 20 mandos de campo, além de multa de até R$ 100 mil. Mas a principal torcida organizada do Furacão, envolvida na confusão, "Os Fanáticos", também quer punição das autoridades responsáveis pela segurança no estádio.

- Quem é responsável é quem não fez a divisão certa da torcida, não botou um policiamento adequado no momento, botou simplesmente seguranças e quer estourar pro lado mais fraco: "A culpa é das organizadas"... Muito pelo contrário, acho que faltou um pouco de diálogo entre o Ministério Público de Santa Catarina e a Polícia Militar e ninguém quer assumir a culpa pelo episódio. Se tivemos, pelo menos, cinco ou seis polícias armados com armas de borracha, jamais aconteceria esse episódio. Faltou um pouco de preparo. Então, diante do episódio, teve a invasão da torcida do Vasco e tudo que ocorreu foi uma defesa da torcida atleticana - disse Juliano Rodrigues, advogado e ex-presidente da organizada.

"Os Fanáticos" recebeu, como punição pelo envolvimento na briga, a suspensão de seis meses dos estádios do Brasil. Nesse tempo, não poderá entrar nos estádios com seus materiais, como camisas, faixas, bandeiras e instrumentos musicais. De acordo com Juliano, a suspensão foi tomada em comum acordo com Ministério Público do Paraná:

- A gente teve a procura do Dr. Maximilliano, aqui do Ministério do Consumidor, tivemos uma conversa e ele nos fez entender que a gente deveria ficar afastado, no mínimo, seis meses do estádio, para gente poder refletir sobre os acontecimentos e que o Ministério Publico tinha que tomar uma posição. Eu acho que é válido e nós aceitamos sem ter que fazer uma defesa. Já está assinado o acordo e até o dia dez de junho do ano que vem. Às vezes, o povo que frequenta o estádio, está acostumado a ver uma bateria, uma faixa de torcida... A falta disso, às vezes, não é o mesmo jogo. Como é caracterizada a torcida atleticana.

A torcida "Força Jovem do Vasco" também pode ser punida pelo Ministério Público do Rio de Janeiro. Nos próximos dias, o promotor Paulo Sally deve entrar com um pedido de suspensão por três anos, pois a organizada do Vasco é reincidente.