icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena e Thiago Ferri
18/11/2014
15:04

Wlademir Pescarmona, candidato da oposição à presidência do Palmeiras, diz que Paulo Nobre tem obrigação de disponibilizar um jatinho para que Valdivia volte da seleção chilena a tempo de disputar o jogo contra o Sport, às 22h desta quarta, na inauguração do Allianz Parque. O camisa 10 tem boas chances de ser titular contra o Uruguai, na noite desta terça, em Santiago.

- Acho que o presidente Paulo Nobre tem obrigação de mandar o jatinho dele e trazer o Valdivia para jogar contra o Sport, senão vamos ter sérias dificuldades. É uma obrigação. Por que? Porque não formou elenco capacitado, e tudo fica nas costas do Valdivia - disse Pescarmona, ao LANCE!Net.

Com jatinho ou não, Valdivia garantiu antes de viajar que voltaria a tempo de enfrentar os pernambucanos. Ele já disse que sonha em ser o capitão do Verdão no primeiro jogo da nova arena.

O Mago foi titular na goleada do Chile sobre a Venezuela, por 5 a 0, em Talcahuano (CHI), na última sexta. Ele não treinou no gramado no dia seguinte à partida porque a pancada na região da cintura sofrida no clássico contra o Corinthians voltou a incomodar. Mas o armador já voltou a trabalhar com os colegas e Jorge Sampaoli espera tê-lo à disposição.

- Valdivia veio do Palmeiras com uma pancada na cintura, que se agravou com outro golpe na partida com a  Venezuela. Esperamos contar com ele - disse o técnico do Chile.