icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/11/2014
18:27

Após dois mandatos no comando da Cruzada Vascaína, grupo político de oposição a Eurico Miranda, Leonardo Gonçalves deixará a presidência na próxima quinta-feira. João Marcos Amorim, ex-membro do Conselho Fiscal do clube, deve sucedê-lo. Candidato a vice-presidente de finanças na chapa "Sempre Vasco", de Julio Brant, Amorim é economista e tem 44 anos.

Com cerca de 150 membros filiados, a Cruzada emenda o segundo mandato consecutivo como oposição em São Januário. Na reeleição de Roberto Dinamite, em 2011, o grupo obteve 247 votos e garantiu as 30 cadeiras no Conselho Deliberativo. Neste pleito de 11 de novembro, que colocou a chapa de Eurico Miranda de volta ao poder no Cruz-Maltino, a chapa "Sempre Vasco", que tinha apoio da Cruzada, teve 1.560 votos, ficando com a segunda colocação e garantindo novamente as 30 cadeiras no Deliberativo. A maioria destes conselheiros pertencem ao grupo.

Na próxima terça-feira, Eurico Miranda e sua nova diretoria tomam posse no comando do clube. O evento será feito em uma cerimônia que será realizada na sede náutica da Lagoa, às 21h.

Há dez dias, no mesmo local, Eurico, que já havia vencido nas urnas com sua chapa, foi referendado e eleito presidente do Cruz-Maltino pelo Conselho Deliberativo para o triênio 2015/2016/2017.