icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/11/2014
15:57

A lista dos cinco candidatos ao prêmio de melhor goleiro do ano da Fifa já tem os nomes definidos. Neuer (Bayern), Buffon (Juventus), Bravo (Barcelona), Casillas (Real Madrid) e Courtois (Chelsea) estão na disputa pelo prêmio. No entanto, um deles desponta como o grande favorito para levar o troféu.

De acordo com o especialista em goleiros da Academia LANCE!. Humberto Perón, Neuer foi disparado o melhor de 2014. O fato de ser campeão do mundo favoreceu ao alemão, mas o trabalho especializado e de qualidade que fez com a bola nos pés, no melhor estilo líbero, foi o diferencial do arqueiro.

E MAIS
- Fifa divulga lista dos melhores goleiros do ano. E há surpresa...
- Brasil nunca teve melhor do mundo como goleiro. Veja quem chegou perto

OPINE
- Quem é o favorito para ganhar o prêmio de melhor goleiro do mundo em 2014?

- Neuer fez uma campanha impecável com a seleção da Alemanha. Ele passou a ditar a norma entre os goleiros, por saber jogar com os pés. É uma tendência mundial. É excelente com a bola nas mãos e nos pés - opina Perón.


Neuer é apontado como o principal favorito a levar o prêmio (Foto: Pedro Ugarte/ AFP)

A lista conta com grandes goleiros que se destacaram em 2014. Contudo, Perón indicaria uma pequena mudança no nomes. Casillas, que não foi bem na Copa do Mundo defendendo a Espanha, daria lugar a Keylor Navas, da Costa Rica. O especialista cita a excelente campanha da seleção da América Central no Mundial, na qual passou em primeiro em um grupo que contava com Uruguai - também classificado -, Itália e Inglaterra.

- Casillas não concordo, apesar de vencer a Liga dos Campeões. Não era titular na liga espanhola e fez uma péssima Copa do Mundo defendendo a Espanha, falhou contra a Holanda. No Real, não vive bom momento - afirma, para completar a escolha de Navas para a sua lista.

- Para mim, faltou o goleiro da Costa Rica, que fez uma copa excepcional. Muito da seleção chegar onde chegou foi por conta dele. Na Copa, só perdeu para o Neuer. Jogar na Costa Rica é complicado, estava no grupo da morte. Talvez tenha pesado contra ele jogar em um clube pequeno e na Costa Rica. Infelizmente, o menor acaba sendo esquecido. Mas o Mundial tem seu peso.


Navas foi o destaque da Costa Rica na Copa do Mundo (Foto: Aris Messinis/AFP)

Vale lembrar que, após o término da Copa do Mundo, Navas foi comprado pelo Real Madrid e, atualmente, é reserva de Iker Casillas.