icons.title signature.placeholder João Carlos Assumpção
30/11/2014
21:54

A CULPA FOI TODA DA DIREÇÃO

"A responsabilidade pela queda do Botafogo é da diretoria do clube, que fez, sob o comando de Maurício Assumpção, um trabalho lamentável.

Não dava para vislumbrar um caminho melhor para uma agremiação que atrasa salários e pagamento de direito de imagem constantemente desde o ano passado. Situação tão lamentável que alguns jogadores e a comissão técnica passaram os últimos dias fazendo vaquinha e montando cestas de alimentos para parte dos funcionários do Fogão, que também sofrem com a falta de pagamento.

A diretoria teve uma atuação catastrófica, seja na parte financeira, no marketing ou no departamento de futebol, sem falar nas denúncias contra Assumpção, que teria favorecido parentes em contratos ligados ao Botafogo.

E MAIS
> Gabriel lamenta queda para Série B, mas pede cabeça erguida
> Na web, Botafogo pede desculpas à torcida pela queda
> Leandro Damião brilha, Santos vence e rebaixa o Botafogo

A gota d`água para o rebaixamento aconteceu semanas atrás, quando o presidente decidiu dispensar Emerson Sheik, Júlio César, Edilson e Bolívar. Desestimulou todo o elenco, que se sentiu ainda mais inseguro e provocou a revolta do goleiro Jefferson, o principal atleta da equipe, que deixou de ser interlocutor do grupo com a diretoria.

                    Temporada do Botafogo foi marcada por erros (Foto: Vitor Silva / SSPress)

Sem o quarteto e especialmente sem Sheik na equipe, o Botafogo se tornou presa ainda mais fácil para os adversários e não teve forças para se manter na Série A.

O pior é que Assumpção entregou o clube em situação caótica para seu sucessor. Endividadíssimo, sem receitas e sem nenhuma credibilidade no mercado. Não será fácil voltar à elite. Infelizmente dias piores virão, mesmo com o ex-presidente, que não deixa saudades, longe do Fogão."