icons.title signature.placeholder Thiago Ferri
07/11/2013
13:02

Não bastasse a discórdia entre Palmeiras e WTorre pelo Allianz Parque, operários interromperam momentaneamente as suas tarefas no novo estádio do Palmeiras durante esta quinta-feira para protestar contra a qualidade da comida oferecida para as refeições.

Segundo um funcionário da obra ouvido pelo LANCE!Net, que preferiu não se identificar, as queixas sobre o alimento ganharam força na última segunda-feira, quando alguns trabalhadores se sentiram mal após o consumo da merenda. Tiveram casos de pessoas que precisaram tomar soro.

Insatifeitos com a situação, inédita para um operário que trabalha no local desde o primeiro semestre, os obreiros acionaram o sindicato da classe, e a atitude drástica foi tomada em conjunto nesta manhã.

Os trabalhadores deixaram o canteiro de obras e até paralisaram o tráfego na Rua Padre Antonio Tomas, uma via de acesso ao estádio, ao longo de toda a manhã, e no início da tarde tudo estava normalizado.

A construtora prometeu aprimorar as refeições, trocar a empresa fornecedora do lanche, e o sindicato retornará ao local em dez dias para comprovar a alteração.

Procurada pela reportagem, a assessoria da WTorre não atendeu as ligações.