icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/07/2013
20:39

A torcida do Olimpia foi até o aeroporto de Assunção com o propósito de apoiar o elenco antes do embarque a Belo Horizonte para o último capítulo da Copa Libertadores-2013, disputado na quarta-feira, no Mineirão, às 21h50 (horário de Brasília). Uma multidão tentou se aproximar dos jogadores que lutam pelo tetracampeonato da competição.

O clima entre os protagonistas paraguaios foi de muita ansiedade.

- Estamos ansiosos. É natural. Estamos às vésperas de uma partida histórica para o plantel e para o clube - disse o volante Mazacotte, que pode substituir Giménez, o único com risco de desfalcar o time.

Contra o Atlético Mineiro, o Decano contará com os atacantes reservas Castorino e Ferreyra, ambos estão recuperados de lesões musculares e não serão problemas para o técnico Ever Almeida.

Com 2 a 0 na partida de ida, no Defensores Del Chaco, o Olimpia pode até perder por um gol de diferença no Mineirão que garante o título.

A torcida do Olimpia foi até o aeroporto de Assunção com o propósito de apoiar o elenco antes do embarque a Belo Horizonte para o último capítulo da Copa Libertadores-2013, disputado na quarta-feira, no Mineirão, às 21h50 (horário de Brasília). Uma multidão tentou se aproximar dos jogadores que lutam pelo tetracampeonato da competição.

O clima entre os protagonistas paraguaios foi de muita ansiedade.

- Estamos ansiosos. É natural. Estamos às vésperas de uma partida histórica para o plantel e para o clube - disse o volante Mazacotte, que pode substituir Giménez, o único com risco de desfalcar o time.

Contra o Atlético Mineiro, o Decano contará com os atacantes reservas Castorino e Ferreyra, ambos estão recuperados de lesões musculares e não serão problemas para o técnico Ever Almeida.

Com 2 a 0 na partida de ida, no Defensores Del Chaco, o Olimpia pode até perder por um gol de diferença no Mineirão que garante o título.