icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/07/2013
08:20

Quando saiu os preços dos ingressos para a final da Copa Libertadores entre Olimpia e Atlético-MG, para o jogo de ida no Paraguai, a diretoria do Olimpia previu a arrecadação de US$ 1,5 milhão (R$ 3,40 milhões). E a venda de todos os ingressos para a torcida da casa fez com que o clube Decano conquistasse esse recorde.

A atual arrecadação máxima do futebol paraguaio foi em um jogo da Seleção contra o Brasil, em 2008, pela Eliminatórias de Copa do Mundo de 2010, em Assunção, quando o time local venceu a equipe de Dunga por 2 a 0. Na ocasião, houve um público de 30.053 pessoas e uma arrecadação de 900 mil dólares (R$ 2.040.000, na cotação atual).

Até o momento, foram vendidos cerca de 32.500 entradas para a torcida 'franjeada', sendo que os 1.685 ingressos restantes estão sendo vendidos pelo Atlético-MG a partir desta segunda, no Labareda, de 12h às 17h.

Quando saiu os preços dos ingressos para a final da Copa Libertadores entre Olimpia e Atlético-MG, para o jogo de ida no Paraguai, a diretoria do Olimpia previu a arrecadação de US$ 1,5 milhão (R$ 3,40 milhões). E a venda de todos os ingressos para a torcida da casa fez com que o clube Decano conquistasse esse recorde.

A atual arrecadação máxima do futebol paraguaio foi em um jogo da Seleção contra o Brasil, em 2008, pela Eliminatórias de Copa do Mundo de 2010, em Assunção, quando o time local venceu a equipe de Dunga por 2 a 0. Na ocasião, houve um público de 30.053 pessoas e uma arrecadação de 900 mil dólares (R$ 2.040.000, na cotação atual).

Até o momento, foram vendidos cerca de 32.500 entradas para a torcida 'franjeada', sendo que os 1.685 ingressos restantes estão sendo vendidos pelo Atlético-MG a partir desta segunda, no Labareda, de 12h às 17h.