icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/02/2015
10:13

Diante do domínio de Ronda Rousey no UFC e de uma rivalidade temparada há anos, a sexta-feira marca um evento importante no mundo do MMA feminino. Se a disputa de cinturão entre a americana e Cat Zingano só acontece neste sábado, pelo UFC 184, em Los Angeles (EUA). Mas nesta sexta-feira, na mesma cidade, Cris Cyborg defende pela primeira vez o título peso pena do Invicta FC, contra Charmaine Tweet. Se vencer, a brasileira pode aceitar o desafio de descer de peso e, enfim, realizar a superluta tão especulada contra Rousey.

Com um cartel expressivo que conta com 12 vitórias e apenas uma derrota na carreira, Cyborg foi campeã do extinto Strikeforce e é considerada uma das maiores lutadoras de MMA de todos os tempos. Porém, algo que impede um confronto entre Rousey e a brasileira é a categoria de peso. Enquanto a americana é a rainha da categoria peso galo (até 61kg), Cris atua na divisão peso pena (até 65,5kg). A brasileira já declarou inúmeras vezes que não consegue descer de peso, algo que foi contestado de forma dura por Ronda e até pelo presidente do UFC Dana White.

Algumas críticas são devido ao fato de Cyborg ter sido flagrado no doping após a vitória contra Hiroko Yamanaka, em dezembro de 2011. Apesar disso, o caso é passado, uma vez que a brasileira passou nos dois testes antidoping surpresa que aconteceram antes da luta desta sexta.

Cyborg encara Germaine nesta sexta-feira (FOTO: Divulgação/Invicta FC)

- Estou animada para essa luta contra Germaine, treinei muito. Sei que todos querem que eu desço para os galos, esse é meu sonho também. Se eu tiver condições de executar isso, vou fazer. Tenho de respeitar meu corpo. Vou tomar meu tempo, esperar, e quam sabe um dia fazer essa luta acontecer. Eu penso mais na minha luta desta sexta. Penso muito sobre Ronda, se eu não pensar, ela vai me fazer lembrar, falando de mim - declarou a brasileira, em conversa com os jornalistas reproduzida pelo site MMA Fighting.

Durante a semana, Shannon Knapp, presidente do Invicta, declarou que a superluta entre Ronda Rousey e Cris Cyborg está "mais perto do que nunca", algo que tem mexido ainda mais com a expectativa do mundo do MMA. O Invicta FC 11 acontece na madrugada desta sexta para sábado, a partir das 0h.