icons.title signature.placeholder Guto Mariano
23/04/2014
11:56

Enquanto a cidade do Rio de Janeiro descansa em função do feriado de São Jorge, os jogadores do Cruz-Maltino trabalharam duro no treino desta quarta-feira, em São Januário. Debaixo de um forte sol o técnico Adilson Batista começou a esboçar o possível time que enfrentará o Luverdense, sábado, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Ao que tudo indica, o treinador voltará a usar o esquema 4-3-3, com Montoya, Reginaldo e Thales formando o ataque.

Ainda com muitos desfalques no plantel, Adilson Batista tenta encontrar a melhor formação para a equipe. No empate com o América-MG, na primeira rodada do Brasileiro Série B, o 4-4-2 não foi muito efetivo. Sendo assim, no coletivo desta quarta, o treinador optou por trocar o meia Danilo pelo atacante Montoya, formando uma linha com três na frente. Na atividade, Adilson deu ênfase na troca de passes e cobrou dinâmica e atenção no meio de campo.

No departamento médico cruz-maltino, a lista é extensa: o argentino Guiñazú, com fratura no pé direito, só deve voltar em maio. O prazo é o mesmo para Rodrigo (estiramento na coxa esquerda). Pedro Ken, que também sofre de um estiramento na coxa esquerda, e desfalcou a equipe no jogo contra o América-MG, segue fora. Além deles, Bernardo ainda se recupera de dores no joelho e o atacante Edmilson segue em tratamento de lesão na coxa. O atacante Everton Costa seguirá em casa com o tratamento da miocardite, um processo inflamatório do músculo do coração que o fez sofrer uma arritmia durante o jogo contra o Resende, na quarta-feira passada, pela Copa do Brasil.

Luverdense e Vasco se enfrentam às 16h20, sábado, na Arena Pantanal, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Balão, caneta e golaços: treino do Vasco vira espetáculo