icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/02/2015
19:25

O técnico do Santos, Enderson Moreira, lamentou a decisão inicial da Federação Paulista de Futebol de proibir a presença de corintianos no clássico contra o Palmeiras neste domingo - revertida no fim da tarde desta sexta. Para ele, a medida evidencia um problema social do país.

O assunto foi tema da entrevista coletiva de Enderson nesta sexta por conta também do clássico entre Santos e São Paulo, que acontecerá na próxima quarta-feira na Vila Belmiro.

- Isso é retrato da sociedade. Não temos condição de ir e vir, não temos como andar sem o risco de ser assaltados, de ser sequestrados, de sofrer um acidente porque alguém não respeitou uma lei de trânsito. O futebol é um retrato do que acontece na sociedade que está falindo. A gente não consegue conviver com pensamentos diferentes, não conseguimos conviver com pessoas diferentes. Muita gente fala em agressão, mas, às vezes, uma palavra machuca mais do que uma agressão - opinou.

Enderson também comentou a mudança da partida contra o Red Bull para São José do Rio Preto. Ele reafirmou que prefere quando a equipe atua na Vila Belmiro, mas disse entender as necessidades financeiras do Peixe, que motivaram a transferência do local do duelo de domingo.