icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/07/2013
14:03

Os goleiros do Corinthians sofreram um pouco mais com o treino deste sábado pela manhã. O preparador de goleiros Mauri Lima, que costuma pegar pesado nos trabalhos, decidiu, mais uma vez, inovar na criatividade, bem na véspera do duelo contra o Atlético-MG. Ele aliou seu chute forte e preciso à imprevisibilidade de "obstáculos artilheiros".

Mauri posicionou pequenos canos de metal e alguns cones dentro da grande área e chutava a bola contra os mesmos. Conforme a bola desviava nos obstáculos, tomava um caminho surpreendente e quase sempre 'matava' os goleiros Cássio, Julio Cesar, Danilo Fernandes e Walter, que participavam da atividade.

O exercício, que de vez em quando é usado, serve para aprimorar o reflexo, a agilidade e a concentração dos goleiros ao simular chutes que desviam na defesa e complicam a defesa.

Cássio no treino do Corinthians (Foto: Tom Dib/LANCE!Press)
 

Para eles também foi um momento de mais diversão, já que, quem estivesse fora, poderia tentar interferir nos chutes e dar sequência nas jogadas depois dos goleiros espalmarem. Até gols alguns deles fizeram, disputando quem mais tomou e quem mais correu para o abraço.

Em um dos lances, Roberto "Negão", que é roupeiro do clube, chegou a dar um cruzamento no rebote. Na ocasião, Walter coloco para dentro. Mas o destaque da artilharia foi Julio Cesar, que, além de fazer o seu, provocou Danilo Fernandes que deu a assistência

- Da próxima vez, joga um pouco pior. Quem sabe, eu jogo lá na lua - gritou o reserva.

Para enfrentar o Galo, neste domingo, às 16h, no Pacaembu, pelo Brasileirão, Cássio será o titular e Danilo Fernandes ficará como seu reserva no banco.

Os goleiros do Corinthians sofreram um pouco mais com o treino deste sábado pela manhã. O preparador de goleiros Mauri Lima, que costuma pegar pesado nos trabalhos, decidiu, mais uma vez, inovar na criatividade, bem na véspera do duelo contra o Atlético-MG. Ele aliou seu chute forte e preciso à imprevisibilidade de "obstáculos artilheiros".

Mauri posicionou pequenos canos de metal e alguns cones dentro da grande área e chutava a bola contra os mesmos. Conforme a bola desviava nos obstáculos, tomava um caminho surpreendente e quase sempre 'matava' os goleiros Cássio, Julio Cesar, Danilo Fernandes e Walter, que participavam da atividade.

O exercício, que de vez em quando é usado, serve para aprimorar o reflexo, a agilidade e a concentração dos goleiros ao simular chutes que desviam na defesa e complicam a defesa.

Cássio no treino do Corinthians (Foto: Tom Dib/LANCE!Press)
 

Para eles também foi um momento de mais diversão, já que, quem estivesse fora, poderia tentar interferir nos chutes e dar sequência nas jogadas depois dos goleiros espalmarem. Até gols alguns deles fizeram, disputando quem mais tomou e quem mais correu para o abraço.

Em um dos lances, Roberto "Negão", que é roupeiro do clube, chegou a dar um cruzamento no rebote. Na ocasião, Walter coloco para dentro. Mas o destaque da artilharia foi Julio Cesar, que, além de fazer o seu, provocou Danilo Fernandes que deu a assistência

- Da próxima vez, joga um pouco pior. Quem sabe, eu jogo lá na lua - gritou o reserva.

Para enfrentar o Galo, neste domingo, às 16h, no Pacaembu, pelo Brasileirão, Cássio será o titular e Danilo Fernandes ficará como seu reserva no banco.