icons.title signature.placeholder Russel Dias
03/06/2014
17:00

Desde a última segunda-feira, os jogadores do Santos estão liberados dos treinamentos devido à parada para a Copa do Mundo e só retornam em 15 dias. Até lá, eles poderão descansar e viajar, mas com algumas restrições alimentares. Segundo a nutricionista do clube, Sandra Merouço, é comum que os atletas se reapresentem um pouco acima do peso. Porém, eles terão de seguir à risca as recomendações durante as férias.

- Antes deles saírem de férias a gente diz que eles têm que fazer o que fizeram o ano inteiro, que é comer picanha sem gordura, maneirar no refrigerante, então a gente vai trabalhando isso, para voltar o menos fora do peso possível, mas chegar com o percentual de gordura maior é normal - disse a nutricionista, que está há quinze anos no Peixe.

Segundo Merouço, o refrigerante é o que deve ser mais controlado por ser um dos maiores vilões na hora de ganhar peso. Pelo fato da bebida ser uma das coisas que os jogadores mais gostam, ela faz uma espécie de negociação para que eles possam beber:

- Refrigerante a gente usa como premiação, porque eles gostam bastante. Se eles ganham, a gente libera um pouco mais, mas nunca em excesso.

Mas nem sempre Sandra faz o trabalho "chato" de controlar a alimentação dos jogadores. Ela afirma que, atendendo a pedidos, um presente será dado a todo o grupo assim que eles retornarem de férias:

- Eles me pediram feijoada, e eu prometi que vou fazer na pré-temporada. Vai ter tudo que eles gostam: carne seca, paio, mas só as carnes mais nobres, sem as partes mais gordurosas.

A reapresentação do Santos acontece no dia 16 de junho, e ainda não foi decidido onde acontecerão os treinamentos. O CT Rei Pelé está entregue à Fifa para a seleção do México treinar até a Copa do Mundo, mas a seleção só utilizará as dependências alvinegras até a primeira fase do Mundial.