icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
26/11/2014
12:14

Cinco anos, cinco tentativas, cinco eliminações. Nada do que aconteceu na última terça-feira, no ginásio do Parque São Jorge, foi novidade para os corintianos. Além de ser a quinta eliminação seguida na semifinal da Liga Futsal, em 2010 e 2011 os gols desclassificatórios também aconteceram nos últimos segundos.

Na primeira das eliminações, o Corinthians encarou o Copa Gril. Após perder a primeira partida por 2 a 0, empatou a segunda em 1 a 1, dentro de casa. O jogo caminhava para a prorrogação quando, faltando dois segundos para o apito final, o chute do goleiro-linha Renan desviou e enganou Léo, o goleiro alvinegro, morrendo dentro das redes.

No ano seguinte, 2011, o feito se repetiu diante do Carlos Barbosa, time do sul do país. Depois de vencer por 4 a 3 no tempo regulamentar, o Corinthians não suportou a pressão da prorrogação e foi eliminado quando restava apenas 12 segundos para a partida acabar. Dessa vez, o carrasco foi Rodrigo.

Já em 2012 e 2013 as partidas foram definidas sem grandes sustos. Ainda assim, a coincidência ficou por conta do adversário: o Orlândia e o craque Falcão. Foram dele os gols que classificaram o time do interior paulista para a decisão da liga. Portanto, essa foi a terceira vez seguida que o Orlândia derrotou o Timão.