icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
23/02/2015
18:42

Biscando defender o título de campeão do mundo, Gabriel Medina já desembarcou na Austrália, onde faz a sua estreia na temporada 2015.  Na abertura do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour 2015, ele vai estar junto com Wiggolly Dantas, uma das novidades entre os sete brasileiros que disputarão o WCT este ano,  na sexta bateria do Quiksilver Pro Gold Coast em Snapper Rocks. 

A vitória no Quiksilver Pro Gold Coast é emblemática, como começar a temporada como um dos candidatos ao troféu de campeão mundial, pois metade dos vencedores desta etapa nos últimos dez anos conseguiu o título no fim do ano. Em 2014, Medina foi o primeiro brasileiro a vencer este evento e também a conquistar um título mundial em quase 40 anos da história do Circuito Mundial iniciada em 1976. Além disso, foi o primeiro a conseguir isso com apenas 20 anos de idade, repetindo um feito até então único do melhor de todos os tempos, Kelly Slater, em 1992.

- Foi bem divertido e muito intenso quando voltei para o Brasil depois do título mundial no Havaí. Eu tive grandes momentos comemorando com meus fãs, amigos e todos os brasileiros. A recepção foi incrível, mas também pude aproveitar algumas semanas de férias em Florianópolis e em Maresias com o Neymar, minha família e amigos mais próximos. Depois disso, também tive que cumprir uma agenda com muitas entrevistas e comerciais com meus patrocinadores - disse Gabriel Medina.

- Mas comecei treinando forte com a minha equipe nas últimas três semanas e estou bem preparado para iniciar mais uma temporada. Antes de vir aqui para a Austrália, eu viajei para Santa Bárbara na Califórnia (EUA) e para o Havaí, para poder surfar ondas maiores e agora estou aqui na Austrália, pronto e muito animado para voltar a competir - completou o surfista.

Gabriel Medina com 21 anos de idade feitos em 22 de dezembro quer tentar repetir um bicampeonato mundial consecutivo que nos últimos 20 anos foi conseguido por apenas dois surfistas, o onze vezes campeão Kelly Slater e o já falecido tricampeão Andy Irons. Slater está pronto para mais uma temporada e vai estrear no World Surf League Championship Tour 2015 na terceira bateria do Quiksilver Pro Gold Coast, contra o também norte-americano C. J. Hobgood e o havaiano Fredrick Patacchia.

- Ganhar o primeiro título mundial era o meu maior sonho, que se tornou realidade no ano passado. Eu comemorei muito, mas agora estou concentrado e focado nesta temporada. O Kelly (Slater) e o Andy (Irons) sempre foram uma inspiração para mim e vou continuar fazendo o meu melhor nas baterias, mas também desfrutar por estar competindo neste circuito, porque estamos muito felizes por fazer o que gostamos. O WCT é incrivelmente difícil e este será um ano desafiador, mas muito emocionante certamente - finalizou o garoto.