icons.title signature.placeholder Thayuan Leiras
icons.title signature.placeholder Thayuan Leiras
21/07/2013
08:30

Quem compra ingressos pela internet espera comodidade. Mas isso não aconteceu para os vascaínos que garantiram com antecedência seus lugares no clássico entre Fluminense e Vasco neste domingo, que marca a estreia do Maracanã para os clubes do Rio.

Para trocar seus comprovantes de compra por ingressos, estes torcedores tiveram de esperar cerca de três horas na bilheteria 4, única que estava funcionando para o setor.


- Esta fila é para trocar o ingresso? - perguntou um tocerdor desavisado, impressionado com o tamanho da fila.

A situação levou os torcedores ao extremo da irritação, e houve quem desistiu de adquirir as entradas, mesmo pagando pelos ingressos.

- Estou pensando em desistir. Não tem condições de esperar duas ou três horas em uma fila. Mesmo pagando, vou ver em um bar ou em casa, pela televisão - disse o professor Orlando Villela, de 49 anos.

Bilheteria 4 atendeu torcedores que foram comprar e trocar ingressos (Foto: LANCE!Press)


A confusão começou na manhã deste sábado, quando os torcedores chegaram a São Januário para pegar os ingressos e foram informados que teriam de se deslocar até o Maracanã, já que a diretoria do Vasco havia disponibilizado apenas ingressos para os torcedores Botafogo, que jogaria em São Januário pelo Campeonato Brasileiro.

Alguns torcedores confusos tiveram de enfrentar filas por mais de uma vez, o que contribuiu para o tumulto nas filas, e reclamaram de falta de informação por parte do Maracanã S. A, empresa responsável pela admnistração.

- Estou tentando pegar os ingressos desde ontem (sexta-feira). Sou sócio do clube e não me entregaram em São Januário porque eu não tinha a identidade da minha filha. Mas em nenhum lugar no site estão explicando isso - disse o comerciante Luiz Claudio Sameiro, de 42 anos.

Funcionários da empresa responsável por orientar os torcedores nas bilheterias explicaram aos vascaínos que um dos motivos das grandes filas foi a organização do próprio Vasco. Um dos integrantes esclareceu que o Fluminense abriu as bilheterias do Maracanã por três dias, já o Vasco optou por abrir apenas na sexta.

No domingo, a bilheteria do Maracanã abrirá apenas para portadores de necessidades especiais, até 13h.

Quem compra ingressos pela internet espera comodidade. Mas isso não aconteceu para os vascaínos que garantiram com antecedência seus lugares no clássico entre Fluminense e Vasco neste domingo, que marca a estreia do Maracanã para os clubes do Rio.

Para trocar seus comprovantes de compra por ingressos, estes torcedores tiveram de esperar cerca de três horas na bilheteria 4, única que estava funcionando para o setor.


- Esta fila é para trocar o ingresso? - perguntou um tocerdor desavisado, impressionado com o tamanho da fila.

A situação levou os torcedores ao extremo da irritação, e houve quem desistiu de adquirir as entradas, mesmo pagando pelos ingressos.

- Estou pensando em desistir. Não tem condições de esperar duas ou três horas em uma fila. Mesmo pagando, vou ver em um bar ou em casa, pela televisão - disse o professor Orlando Villela, de 49 anos.

Bilheteria 4 atendeu torcedores que foram comprar e trocar ingressos (Foto: LANCE!Press)


A confusão começou na manhã deste sábado, quando os torcedores chegaram a São Januário para pegar os ingressos e foram informados que teriam de se deslocar até o Maracanã, já que a diretoria do Vasco havia disponibilizado apenas ingressos para os torcedores Botafogo, que jogaria em São Januário pelo Campeonato Brasileiro.

Alguns torcedores confusos tiveram de enfrentar filas por mais de uma vez, o que contribuiu para o tumulto nas filas, e reclamaram de falta de informação por parte do Maracanã S. A, empresa responsável pela admnistração.

- Estou tentando pegar os ingressos desde ontem (sexta-feira). Sou sócio do clube e não me entregaram em São Januário porque eu não tinha a identidade da minha filha. Mas em nenhum lugar no site estão explicando isso - disse o comerciante Luiz Claudio Sameiro, de 42 anos.

Funcionários da empresa responsável por orientar os torcedores nas bilheterias explicaram aos vascaínos que um dos motivos das grandes filas foi a organização do próprio Vasco. Um dos integrantes esclareceu que o Fluminense abriu as bilheterias do Maracanã por três dias, já o Vasco optou por abrir apenas na sexta.

No domingo, a bilheteria do Maracanã abrirá apenas para portadores de necessidades especiais, até 13h.