icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/07/2014
12:07


A chegada de Kaká ao São Paulo depois de 11 anos no futebol europeu o ajudará a equipe tricolor dentro campo. Pelo menos é o técnico Muricy Ramalho acredita. Ao falar como encaixará o jogador no time, o técnico exaltou as características do meia e falou que precisa de alguém para orientar o grupo dentro de campo, já que Rogério Ceni, líder do grupo, fica na parte de trás do campo. Para ele, Kaká tem esse perfil.

- Eu acho que o kaká tem que jogar do meio para frente, temos que respeitar as características de armação e chegada na área. Vamos usá-lo bastante. O Rogério Ceni é nosso líder, mas fica lá trás. É importante ter alguém que oriente os jogadores dentro de campo. O Kaká tem essa facilidade e vai ajudar bastante. Precisa trabalhar coletivamente e não só individualmente. O Kaká vem de uma escola boa, de fora, e tem essa consciência - disse o comandante.

O Tricolor, porém, terá de esperar mais um pouco para ter este novo "líder" dentro de campo. Segundo o presidente Carlos Miguel Aidar, o meia deverá fazer sua reestreia apenas no dia 2 de agosto, contra o Criciúma. Muricy, por sua vez, prefere não dizer datas e fala que o jogador entrará em campo quando ele se sentir bem. Vale lembrar que Kaká ficará no São Paulo só até o fim do ano.

O São Paulo entra em campo contra a Chapecoense, neste sábado, às 18h30, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.