icons.title signature.placeholder Igor Siqueira
07/03/2014
17:53

Apesar da aproximação recente a Marco Polo Del Nero e a indefinição em relação ao apoio de alguns presidentes de Federação, como Rubens Lopes, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Novelletto, garante que não desistiu de fazer oposição na eleição presidencial da CBF, que será em abril.

Segundo Novelletto, o almoço junto a Del Nero para passar propostas para o clubes e federações menores ainda não teve retorno. Por isso, a candidatura ainda não foi descartada.

- Nada mudou. Deixei uma proposta, mas, até o momento, não tive resposta. Vamos para cima deles - disse o dirigente, que está de férias do comando da entidade gaúcha.

Apesar da animação aparente, a situação da oposição é bem delicada. Para que a chapa seja homologada, é preciso o apoio de cinco clubes da Série A, além de oito dos 27 presidentes de federação. Coisa que está bem longe de acontecer. Mas Novelletto não desiste.

- Isso se dá um jeito.