icons.title signature.placeholder Daniela Caravaggi
06/03/2014
11:08

A partida desta quinta-feira marcará o reencontro do meia Rondinelly com o Palmeiras, clube que passou em 2013. Emprestado pelo Grêmio, o jogador chegou à Portuguesa no início da temporada e atuou em sete dos 11 jogos do Campeonato Paulista. Desde que Argel Fucks assumiu a equipe rubro-verde, o atleta tem sido titular.

No Palmeiras, porém, a situação não foi tão boa. Em um ano de clube, o meia entrou em apenas três partidas e não completou os 90 minutos em nenhuma delas. Sobre o passado, Rondinelly diz não ter mágoas, mas assumiu que gostaria de ter jogado mais no Verdão.

- Minha motivação de enfrentar o Palmeiras não é por eu não ter conseguido jogar lá, mas por estar em um clube que me abriu as portas. Estou encontrando o meu futebol. Só acho que ficou um gostinho de poder ter tido mais chances, mais oportunidades, porque tinha vontade de jogar. Mas estou vivendo um momento bom da minha carreira, voltando a ter sequências de jogos - disse o jogador, ao LANCE!Net.

O meia reconheceu que a classificação à próxima fase da competição será difícil para a Lusa, mas destacou o trabalho que tem sido feito pelo treinador e a necessidade de uma boa colocação na tabela.

- Desde a chegada do Argel, o time encontrou o caminho das vitórias e um bom futebol. Isso é nítido. A equipe mudou. Agora, é tentar a melhor colocação possível nas últimas rodadas, sabemos que a classificação é difícil. Tenho muito a mostrar ainda - destacou.

Palmeiras e Portuguesa se enfrentam nesta quinta-feira, às 19h30, no Pacaembu, em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Paulista. Enquanto o Verdão é líder de seu Grupo, com 26 pontos, a Lusa é a quarta colocada do seu, com 14.