icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/03/2014
10:53

A primeira partida internacional da carreira e uma grande expectativa criada ainda mais após o ótimo rendimento no segundo semestre de 2013. O que era para ser uma grande experiência para Amaral, entretanto, acabou se tornando um enorme pesadelo. A expulsão logo aos dez minutos do jogo contra o León, no México, pareceu destruir tudo o que havia sido construído pelo volante com a camisa do Flamengo.

A substituição no início do segundo tempo, na partida seguinte, contra o Vasco, aumentava os indícios de que uma má fase seria iniciada pelo cão de guarda rubro-negro. E foi o que aconteceu. Desde o Clássico dos Milhões, no dia 16 de fevereiro, Amaral não foi mais relacionado para uma partida.

Agora, porém, o volante, que havia se tornado essencial no esquema tático montado por Jayme de Almeida no ano passado, parece que vai receber uma nova chance. Depois de ter ficado fora das partidas contra Resende e Madureira, pelo Carioca, além da suspensão para o jogo contra o Emelec (EQU) pela Libertadores, Amaral será relacionado para o jogo contra o Bonsucesso, nesta quarta-feira, no Raulino de Oliveira.

Além de ser convocado para a partida válida pelo Campeonato Carioca, o jogador tem grandes chances de já retornar como titular – já que dois concorrentes no meio de campo não poderão entrar em campo.

Muralha, que recebeu o terceiro cartão amarelo no duelo com o Nova Iguaçu, e Elano, que não tem lesão, mas será poupado por estar com dores no músculo posterior da coxa direita, são cartas fora do baralho de Jayme de Almeida.
Aproveita, Amaral!