icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/11/2013
01:00

A Unilever voltou da parada da Superliga Feminina de bem com a torcida carioca. Em duelo de extremos contra o lanterna Minas, as comandadas de Bernardinho mostraram sua força e venceram as rivais por 3 sets a 0, parciais de 22-20, 21-16 e 21-13, nesta sexta-feira, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro.

A ponteira sérvia Brankica Mihajlovic foi o grande destaque do duelo, sendo eleita a melhor jogadora em quadra com o Troféu VivaVôlei. Ela anotou 11 pontos ao todo, assim como a oposto canadense Sarah Pavan. Pelo Minas, a capitã Carla fez um a menos.

A partida marcou os retornos da ponteira Gabi e da central Valeskinha ao time carioca. As duas estavam se recuperando de lesões e foram aproveitadas no decorrer da partida.

– Sabíamos que, apesar de ter um time novo, o Minas nos daria dificuldades. Hoje elas sacaram muito bem, mostraram que têm um bom volume de jogo, defendendo muito bem e nós pecamos muito nos erros, principalmente no ataque. O Bernardinho tem cobrado isso e temos que trabalhar bem a recepção para darmos mais sequência de jogo – afirmou Gabi.

Unilever e Minas voltam a jogar na próxima terça-feira. As cariocas enfrentam o Pinheiros, a partir das 19h30, no Ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo. Já as comandadas de Marco Queiroga tentarão a primeira vitória contra o Brasília Vôlei, em Belo Horizonte, às 20h30, no mesmo dia.

São Bernardo e São Caetano vencem na sexta rodada

Quem também festejou na noite desta sexta-feira foram os participantes do ABC Paulista. O São Cristóvão Saúde/São Caetano aproveitou o fator casa para despachar as meninas da Uniara/AFAV por 3 sets a 1, parciais de 21-14, 21-19, 11-21 e 21-14. A líbero Nine ganhou o prêmio de melhor do jogo.

Em São Luis, o São Bernardo calou a torcida o Maranhão Vôlei ao vencer o time da casa por 3 sets a 0 (17-21, 12-21 e 15-21). Para isso, o time do técnico Marcelo Romão teve bom desempenho no bloqueio, parando o ataque adversário em 18 oportunidades. Ele ficou satisfeito com a atuação do grupo e fez elogios à ponteira Mari Hellen, que marcou 10 pontos e ficou com o Troféu VivaVôlei.

– A Mari Helen foi muito importante no duelo de hoje, pois nos estabilizou o passe e trabalhou muito bem a parte ofensiva, trabalhou a bola em cada ataque e isso diminuiu os erros que vínhamos cometendo antes e isso foi importante — disse o treinador.